Invicta há cinco jogos, Chapecoense está entre os 10 melhores do Brasil

Foto: Site oficial Chapecoense

O estado de Santa Catarina possui quatro representantes na Série A em 2015. A Chapecoense terminou o primeiro turno em nono lugar, o único dos catarinenses na primeira parte da tabela. Um dos grandes trunfos da equipe é o desempenho como mandante, visto que o alviverde venceu sete dos nove jogos disputados na Arena Condá.

LEIA MAIS:
Chapecoense ajuda e Cléber Santana encontra seu cachorro Maradona
Figueirense anuncia René Simões como novo técnico
Pior defesa do Brasileirão, Avaí busca reabilitação no segundo turno
Goiás x Chapecoense teve público menor que todos os jogos da quarta divisão inglesa

A Chapecoense sofreu uma derrota em casa, sendo que apenas Grêmio e Sport continuam invictos como mandante no Brasileirão. Por outro lado, um dos desafios da Chapecoense no segundo turno é tentar repetir a postura nos jogos fora de casa. Até o momento, o time perdeu seis dos oito jogos como visitante, o que leva o alviverde ao aproveitamento de 49%.

Bruno Rangel é o artilheiro da Chapecoense no Campeonato, com seis gols. Ele tem quatro a menos do que Ricardo Oliveira, do Santos. Cleber Santana (ex-Flamengo e São Paulo), William Barbio (ex-Vasco) e Tiago Luís (ex-Santos e Ponte Preta) são outros destaques da equipe.

Nos clássicos, Chapecoense venceu o Joinville por 2 a 0, em casa, ficou no 2 a 2 com Figueirense e perdeu por 2 a 1 para o Avaí. O time ficou em terceiro lugar no Campeonato Catarinense, que terá o campeão decidido na justiça. A disputa está entre Joinville e Figueirense.

O desafio do time de Chapecó neste campeonato é superar o desempenho de 2014, quando fez 43 pontos e ficou em 15º lugar, duas posições acima da zona de rebaixamento. O Cruzeiro conquistou o título e São Paulo, Internacional e Corinthians se classificaram para a Libertadores.

(Foto: Site oficial Chapecoense)