Jorge fala da importância do clássico: “Flamengo e Vasco é guerra”

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Lateral do Flamengo falou após o treinamento desta terça-feira no CT do Ninho do Urubu. Jorge disse que o time quer a revanche da derrota do primeiro turno do Campeonato Brasileiro e que a obrigação de vencer o Vasco vem desde a base.

LEIA MAIS:
Ídolo do Flamengo, Adílio fala com exclusividade sobre seu clássico inesquecível contra o Vasco

Jorge tem apenas 19 anos e ganhou a titularidade no time do Flamengo após o início do Campeonato Brasileiro. Mesmo assim o lateral já é um dos principais destaques da equipe rubro-negra. Cria da Gávea, o menino não se intimidou com as perguntas sobre o rival do Fla, na véspera do clássico.

Veja as declarações do jovem lateral rubro-negro:

 

FLAMENGO X VASCO DESTA QUARTA-FEIRA:

– Flamengo e Vasco é guerra. Vence quem estiver mais concentrado. Vim da base jogando vários clássicos contra o Vasco. Sei do peso que tem. Estou preparado para ajudar a equipe nesta partida.

ENFRENTAR O GRANDE RIVAL:

– Flamengo e Vasco é sim um campeonato a parte. Vai ser melhor para a gente entrar em campo para aproveitar o mal momento deles. A obrigação de vencer o Vasco vem desde a base.

DERROTA PARA O VASCO PELO CAMPEONATO BRASILEIRO:

– Eu acho que é sim uma revanche do jogo lá de Cuiabá. Voltamos no mesmo avião do que o Vasco e ficaram rindo. Estamos mordidos pela vitória. Vamos tentar matar o jogo logo na ida.

PREPARAÇÃO PARA O JOGO E FALTA DE GOLS DE GUERRERO:

– É um jogo importante sim. O Guerrero voltará naturalmente a fazer os gols e estamos trabalhando para resolver os problemas da defesa. Sabemos como iremos nos comportar. Temos uma chance de fazer uma boa partida e vencer.

OS GOLS SOFRIDOS DE BOLA PARADA:

– É falta de atenção essas bolas paradas. Estamos tomando gol bobo desta forma, mas o Cristóvão vem trabalhando muito para corrigir esses erros. Conversamos muito ali na defesa. Não podemos deixar de ter atenção nem um segundo. Treinamos bastante tempo juntos e estamos entrosados na linha de quatro da defesa.

O TÍTULO CONTRA O VASCO NA FINAL DA COPA DO BRASIL DE 2006:

– Temos que lembrar desse jogo de 2006. A torcida gritando o nome do Obina e outras coisas. Eu estava assistindo a final com meu pai, em casa. Eu acompanhei aquela época pensando em um dia estar aqui, jogando.

EVOLUÇÃO DO TIME NOS ÚLTIMOS JOGOS:

– Nunca podemos achar que estamos perfeitos. Tem que estar sempre melhorando.

Flamengo e Vasco se enfrentam nesta quarta-feira (19.08), às 22 hs, no Maracanã no jogo de ida das oitavas da Copa do Brasil. A partida de volta será realizada na próxima semana, também no Maracanã. Com isso não haverá regra de gols na casa do adversário como critério de desempate do confronto.

Curtiu essa matéria? Siga o autor no Twitter: @allanmadi

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo