Medina vence superbateria contra John John; Mineirinho perde e deve deixar a liderança; Confira

No terceiro dia de competições em Teahupoo, no Taiti, os brasileiros tiveram um saldo positivo, uma vez que só 2 dos 7 que ainda estavam vivos na disputa acabaram eliminados. No entanto, Adriano de Souza foi um deles, e com o resultado de Julian Wilson – que ainda não disputou o terceiro round- e de Filipe Toledo, que avançou à quarta rodada, Mineirinho pode perder a ponta do ranking, já que a diferença entre ele e Filipinho, que é o quarto colocado, por exemplo, é de apenas 4 mil pontos.

LEIA MAIS:
Medina, Mineirinho e mais 5 brasileiros avançam à 3a rodada no Taiti
Drone flagra tubarão bem próximo de surfistas na Califórnia; veja
Quer praticar esportes com seu cão, na água? Veja as melhores dicas

O carrasco de Mineirinho foi o único brasileiro que já conseguiu ser campeão desta etapa junto à Medina: Bruno Santos. Bruninho, como é conhecido, nunca foi da elite mundial de Surf e desta vez não foi diferente. Para estar disputando com os melhores surfistas do mundo, Santos teve de vencer a triagem. Outro brasileiro que deixou a competição foi o Potiguar Jadson André, que disputou a bateria contra o mais novo Brazilian Storm, Italo Ferreira, que vem apresentando um surf consistente.

Gabriel Medina, que logo na terceira rodada teve de surfar contra John John Florence, Havaiano que sempre se dá bem nas ondas de Teahupoo, não decepcionou e mostrou estar com um surf de altíssimo nível, assim como estava no ano passado, quando faturou o título da etapa em ondas gigantescas. Para superar Florence, Medina teve de emplacar a melhor nota do dia – um 9.73-, faltando 7 minutos para o fim da bateria. Junto a esta onda, Gabriel ainda teve um 9.27, somando 19 pontos contra um 9.57 e um 9.27, que somou 18.84. Ambos atletas ainda descartaram notas na casa dos 9, tamanha foi a disputa da “Superbateria”, como assim foi apelidada pela WSL (Liga Mundial de Surf)

Fechando o dia de competições, visto que o mar não estava apresentando as mesmas condições das baterias anteriores, Wiggolly Dantas caiu na água contra o australiano Matt Wilkinson e avançou com duas notas na casa dos 8 pontos, já com ondas menores e com tubos irregulares.

A próxima chamada para a continuação da terceira rodada e início da quarta, caso o mar esteja em boas condições, acontece nesta terça-feira, às 14h30, horário de Brasília.

Crédito da foto: Divulgação/WSL



Jornalista em formação no Mackenzie, estagiário do Torcedores.com e fotógrafo. Fanático por basquete, tênis, surf, futebol e futebol americano.