Palmeiras fecha mês no azul e já acumula lucro de R$ 5 mi em 2015

Palmeiras
César Greco / Ag. Palmeiras / Divulgação

Balancete do mês de junho, segundo informações do Lance!Net, fechou com um superávit de R$ 123.208,60, já aprovado pelo COF (Conselho de Orientação e Fiscalização). Lucro de 2015 já supera a marca de R$ 5 milhões.

LEIA MAIS
No Choque-Rei particular, Denílson crava: “prefiro o Palmeiras”
No Palmeiras, Crefisa quer superar Parmalat e não descarta comprar o Allianz Parque

Boa fase dentro de campo e também fora dele – este é o momento do Palmeiras em 2015, após turbulência no ano do Centenário e quase tendo de amargar mais um rebaixamento em sua história. O presidente do clube, Paulo Nobre, parece ter – finalmente – colocado a casa do Verdão em ordem. O time está no G4 do Brasileirão com 28 pontos e as finanças estão cada vez mais azuis.

Ao contrário do mês de maio, no qual o Palmeiras fechou o balanço com déficit, o mês de junho foi de superávit de R$ 123.208,60. O lucro só não foi maior porque, ainda segundo o Lance!Net, o Verdão teve prejuízos no período com o clube social (R$ 386 mil) e com esportes não profissionais (R$ 304 mil). No entanto, o lucro do futebol em junho (R$ 814 mil) salvou as finanças no Palestra Itália.

Aliás, 2015 tem sido um ano muito positivo para a vida financeira do Palmeiras. Nos seis primeiros meses do ano, o Verdão já acumula um superávit de R$ 5,3 milhões. O cenário ainda deve melhorar nos próximos meses, uma vez que o acerto de renovação com a Adidas está muito próximo.

Por ainda não ter renovado oficialmente, a fornecedora de material esportivo alemã deverá pagar um valor retroativo ao Palmeiras após a assinatura do novo vínculo, o que gira em torno de R$ 4 milhões. Haverá ainda um reajuste significativo no novo contrato, mais próximo ao que é pago pela Adidas para clubes como Flamengo e Fluminense.

Foto: César Greco / Ag. Palmeiras / Divulgação