Ponte Preta e Grêmio ficam no empate em Campinas

Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

A Ponte Preta jogou melhor, criou as principais chances de gol, mas não conseguiu sair do empate em 0 a 0 contra o Grêmio, na quente manhã deste domingo, no Moisés Lucarelli, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a Macaca caiu para a 11ª colocação, com 27 pontos ganhos. Já o Tricolor assumiu provisoriamente a vice-liderança, com 37 pontos.

A Ponte Preta teve o domínio da posse de bola e criou as melhores chances do primeiro tempo. Com dois minutos, Gilson ganhou de Geromel e cruzou para Felipe Azevedo, que mandou de primeira para defesa de Marcelo Grohe. O Grêmio parece ter sentido o forte calor e quase não ameaçou o goleiro Marcelo Lomba. Os anfitriões tiveram grande chance para abrir o placar aos 39 minutos. Biro-Biro, que retornou de contusão, limpou a marcação e chutou no travessão. A primeira finalização gremista veio somente aos 45 minutos e sem maior perigo. Rafael Galhardo cobrou falta, mas mandou longe do gol.

A Ponte Preta seguiu pressionando no segundo tempo. Felipe Azevedo fez boa jogada individual, mas bateu fraco para defesa tranquila de Marcelo Grohe. Bady bateu escanteio, Pablo se antecipou a marcação e cabeceou para fora. Luan, o melhor jogador gremista na temporada, desta vez teve participação nula e aos 12 minutos deu lugar a Braian Rodríguez. O lateral Rodinei recebeu assistência de Felipe Azevedo e carimbou o travessão. Só dava Ponte. Keno, que substituíra o cansado Biro Biro entrou ligado, obrigou Marcelo Grohe a praticar duas grandes defesas.

Nos acréscimos, o Grêmio teve a sua melhor chance na partida. Rafael Galhardo foi à linha de fundo e cruzou para Braian Rodríguez, livre de marcação, chutar fraco para defesa de Marcelo Lomba, até então um mero espectador em campo.

A Ponte Preta volta a campo na próxima quarta-feira (26/08), contra a Chapecoense, na Arena Condá, pela partida de volta da segunda fase da Copa Sul-Americana. No dia seguinte, o Grêmio recebe o Coritiba, na Arena, pela partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil.

Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

 



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)