Presidente de clube romeno humilha jogadores após derrota

Reprodução/Facebook

O presidente do Steaua Bucareste demitiu dois jogadores imediatamente após o clube perder por 3 a 0 em casa para o Rosenborg, pela Liga Europa. Gigi Becali já tem fama de polêmico e, após a derrota em casa, voltou a ser o centro das atenções chegando até a humilhar os atletas publicamente.

LEIA MAIS:
Saiba quem são os brasileiros que podem brilhar no Campeonato Italiano

“Vamos cortar os salários de Tadé? Sai Tahar? Sai. Não quero dinheiro nenhum pelo Tadé. Se me derem 50 mil euros eu recuso. Eu dou-o gratuitamente”, esbravejou Becali.

O presidente disse, ainda, que não acredita numa reviravolta no segundo jogo que será na Noruega. “Com 2 a 0 ainda era possível, agora não”, finalizou.

O presidente foi categórico ao dizer que o atacante francês Grégory Tadé e o meio campista argelino Aymen Tahar não voltarão a jogar pelo Steaua.

Crédito: Reprodução/Facebook