Sugar Ray Robinson e Jake LaMotta: 6 lutas e um nocaute

Reprodução/YouTube

Sugar Ray Robinson e Jake LaMotta estão na lista dos melhores boxeadores da história. E, ao longo de nove anos, entre 1942 e 1951, travaram seis embates que entraram na lista das grandes rivalidades da nobre arte.

Robinson tem um cartel invejável. São 173 vitórias (é isso mesmo, você não leu errado), 19 derrotas e seis empates. LaMotta não fica atrás: 83 vitórias, 19 derrotas e quatro empates. Para entender a importância desses números, basta dizer que LaMotta foi o primeiro homem a derrotar Robinson – considerado por muitos o melhor no esporte – na 41ª de Sugar Ray. A segunda derrota veio apenas no 132º combate. LaMotta ganhou, até, uma versão cinematográfica (“Touro Indomável”).

No confronto direto, Sugar Ray levou a melhor em cinco dos seis duelos. O primeiro deles aconteceu em 10 de fevereiro de 1942 no Madison Square Garden, em Nova York. E Robinson venceu na decisão unânime.

A revanche aconteceu em 5 de fevereiro de 1943. Desta vez, LaMotta venceu, também na decisão unânime. No ano seguinte, eles se reencontraram, com novo triunfo de Robinson por decisão. Em 1945, duas lutas, com dois triunfos de Sugar Ray na decisão. Até então, eram cinco lutas, com quatro vitórias de Sugar Ray Robinson e uma vitória de Jake LaMotta.

No último embate, em 1951, Sugar Ray venceu. E nocauteou LaMotta pela primeira vez. O duelo aconteceu no dia 14 de fevereiro e ficou conhecido como o “Massacre de São Valentim”.

Crédito da foto: Reprodução/YouTube



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.