Terceiro em Spa, Grosjean diz que largada de 2012 o “fez mais forte” para corrida deste domingo

Romain Grosjean precisou superar uma punição de cinco posições, por conta da troca de um câmbio, e o estigma do acidente provocado por ele três anos atrás em Spa-Francorchamps para ficar com o terceiro lugar no Grande Prêmio da Bélgica de Fórmula 1, disputado neste domingo (23). Este é o primeiro pódio do piloto da Lotus desde o Grande Prêmio dos Estados Unidos de 2013.

LEIA MAIS:
Hamilton vence de ponta a ponta o GP da Bélgica de F1

“Foi um final de semana incrível para nós. Tivemos uma grande classificação ontem, mas infelizmente tivemos uma punição para hoje. Mas tivemos uma boa corrida. Estamos no pódio, sabemos que muita gente no time trabalhou duro para isso, para que pudéssemos estar aqui”, comentou Grosjean, lembrando do problema enfrentado após a tomada de tempos, em que foi o quarto mais rápido.

O francês também lembrou da etapa belga de 2012, quando provocou um forte acidente logo na largada da prova, o que provocou uma suspensão de uma corrida naquela temporada. De volta ao pódio, Romain Grosjean destacou que o terceiro lugar desta manhã tem o gosto de uma vitória.

“Obviamente a largada de 2012 aqui deixou sua marca em mim, mas me fez mais forte e me permitiu estar uma décima vez no pódio. Estar aqui hoje é muito especial. Tem o gosto de uma vitória”, completa o piloto, que obteve o melhor resultado da Lotus desde 2013, quando Kimi Räikkönen foi segundo colocado no Grande Prêmio dos Estados Unidos, disputado em Austin.

A próxima etapa da Fórmula 1 acontece em duas semanas, com a realização do Grande Prêmio da Itália, que será disputado no tradicional circuito de Monza.

Foto: divulgação/Lotus



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.