Weidman avisa: “não sairei desse esporte sem lutar com Jones”

Twitter oficial Chris Weidman

Ambicioso e corajoso, o campeão dos pesos médios do UFC Chris Weidman falou ao programa “MMA Hour” sobre o seu próximo sonho no UFC – fora o combate contra Luke Rockhold, marcado para 12 de dezembro: vencer Jon Jones, ex-campeão dos meio-pesados.

LEIA MAIS: Anderson Silva x Chris Weidman: a rivalidade improvável do UFC
LEIA MAIS: Afundado pelas palavras: a guerra entre Belfort x Weidman

Weidman, que defendeu o cinturão contra Anderson Silva, Lyoto Machida e Vitor Belfort, torce por um duelo contra o temido lutador afastado dos octógonos por se envolver em acidente nos Estados Unidos. “É um fato: não sairei desse esporte sem lutar com Jon (Jones). A menos que ele não volte mais, mas se voltar, e eu estando aqui, as pessoas irão querer ver isso acontecer. E eu quero ver isso acontecer”, declarou ao programa MMA Hour nesta segunda-feira (17).

“Não é nada contra o Jon. É só porque sou competitivo. Quero lutar com a melhor pessoa possível. Quero ter o maior desafio na minha frente e conquistá-lo”, disse Weidman, antes de afirmar buscar sempre os “grandes desafio”, inclusive encarar Anderson Silva “quando ninguém mais queria lutar contra ele”.

Nas lutas, Jon Jones bate o peso de 93kg, enquanto Weidman chega a 83,9 kg. Jon Jones tem 1,93m de altura contra 1,88 de Weidman.



Jornalista graduado pelo UniCEUB, em 2010. Trabalha com esportes desde 2010 e atualmente sub-editor do caderno Torcida, do Jornal de Brasília. Passou também pela redação do Jornal Metro. Cobriu jogos do Brasileiro (Séries A a D), Copa do Mundo-2014 e Campeonato Candango, além de eventos como o Novo Basquete Brasil e a Liga Futsal.