Wolfsburg vence Bayern nos pênaltis e conquista a Supercopa da Alemanha

divulgação / Facebook Wolfsburg

No duelo entre o Bayern, campeão da última Bundesliga e o Wolfsburg, campeão da Copa da Alemanha, melhor para os lobos, donos da casa. Dieter Hecking e seus comandados venceram os bávaros nas penalidades máximas, após 1-1 no tempo regulamentar. Bendtner, autor do gol de empate aos 43′ do segundo tempo e da última cobrança penal, sai de campo como herói da conquista.

LEIA MAIS
Mercado da bola: Manchester City faz proposta milionária por Guardiola
Goleiro do San Lorenzo defende pênalti com o peito e tira sarro de rival; veja!
Opinião: mudança de ares para Guardiola?

O Wolfsburg é o grande campeão da Supercopa da Alemanha. Os bávaros bem que tentaram, mas, nos pênaltis, Manuel Neuer não viu a cor da bola e os lobos saíram de campo com o terceiro título de sua história, ao vencerem por 5-4. O goleiro anfitrião, Casteels, defendeu com o pé esquerdo uma das cobranças batida pelo experiente Xabi Alonso.

Com a vitória, o Wolfsburg inicia a temporada 2015-2016 com mais uma taça em sua história, a segunda num intervalo de três meses. Os lobos venceram a Copa da Alemanha em cima do Borussia Dortmund, no último dia 30 de maio.

O JOGO

Como é de costume do Bayern, o time não levou em consideração estar jogando na casa do adversário e começou pressionando muito, com cerca de seis jogadores marcando firme a saída de bola do Wolfsburg. Os poucos lampejos de ataque dos donos da casa saíam dos pés do belga De Bruyne, estrela dos lobos. Mesmo com a pressão, o primeiro tempo terminou empatado em 0-0.

No segundo tempo, a pressão nos minutos iniciais do Bayern deu resultado. Após bela jogada do brasileiro Douglas Costa pela esquerda, o cruzamento para a área encontrou o holandês Arjen Robben que, após bate-rebate entre o goleiro e seu companheiro de time Lewandowski, fuzilou de canhota para o fundo do gol.

O que se viu a partir deste momento foi uma hegemonia bávara dentro de campo. O Wolfsburg bem que teve uma chance com Bas Dost, após passe milimétrico de De Bruyne, mas o holandês chutou em cima de Neuer. O time de Munique só não fez mais gols porque insistiu no brilhantismo em algumas jogadas.

Aos 43′ do segundo tempo, no entanto, veio o castigo. Após rápido contra-ataque do Wolfsburg, puxado por De Bruyne pela direita (sempre ele!), o cruzamento do belga encontrou Bendtner dentro da área, para apenas resvalar para o fundo das redes de Neuer.

PÊNALTIS

Nos pênaltis, o Wolfsburg levou a melhor ao não errar nenhuma cobrança sequer. Foram às redes Rodriguez, De Bruyne, Schürrle, Kruse e Bendtner. Do lado bávaro, Vidal iniciou as cobranças, seguido por Xabi Alonso, que parou no goleirão Casteels. Robben, Lahm e Douglas Costas bem que fizeram os gols, mas de nada adiantou. No total, 5-4 para os lobos.

ESTREIA

O jogo marcou também a estreia do chileno Arturo Vidal no Bayern de Munique. O ex-jogador da Juventus-ITA começou a partida no banco de reservas, mas entrou no segundo tempo no lugar do brasileiro Felipe Alcântara. O atleta mostrou muita disposição, mas entrou visivelmente sem ritmo de jogo, bastante aquém do esperado em relação ao restante do time bávaro.

SEQUÊNCIA DA TEMPORADA

Ambos os clubes agora miram suas atenções para a Copa da Alemanha e o Campeonato Alemão. Pela DFB-Pokal, o Wolfsburg visita o Stuttgarter Kickers, dia 8, enquanto o Bayern encara o FC Nöttingen, no dia seguinte.

Já pelo Campeonato Alemão, o Wolfsburg recebe o Eintracht Frankfurt na Volkswagen Arena, no dia 16, enquanto o Bayern de Munique enfrenta o Hamburgo, dois dias antes, 14, no Allianz Arena.

Foto: Divulgação / Facebook oficial Wolfsburg