Blitz no começo dá certo, Flamengo vence clássico e já sonha com G-4

Nos primeiros 45 minutos, o clássico carioca no Maracanã só foi de um time. Com oito finalizações, o Flamengo comandou uma verdadeira blitz diante do Fluminense e tal superioridade foi o suficiente para encaminhar a vitória por 3 a 1 pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Emerson Sheik, Kayke e Paulinho marcaram para o Rubro-Negro. Jean descontou para o Tricolor.

LEIA TAMBÉM:
Wallace dá assistência de mão para gol de Sheik e torcedores do Flu se revoltam; veja

Como tem acontecido, a arbitragem mais uma vez foi protagonista do clássico: no primeiro gol do Flamengo, o zagueiro Wallace ajeitou a bola com o braço e Sheik pegou o rebote para estufar as redes. Muita reclamação por parte do Fluminense, mas o juiz validou o gol.

Com o resultado, o Flamengo foi aos 35 pontos, na sexta posição, a três pontos de diferença para o São Paulo, quarto colocado e primeiro dentro da zona de classificação para a Libertadores de 2016. Já o Flu amargou a quarta derrota consecutiva. O time de Enderson Moreira tem 33 pontos, ocupando a oitava colocação na tabela.

O JOGO

Embalado por três vitórias seguidas, o Flamengo se mandou para o ataque desde o primeiro minuto e encurralou o rival. Diego Cavalieri salvou o Tricolor por duas vezes no começo rubro-negro para lá de intenso após finalizações de Wallace e Kayke.

Aos 9 minutos, Alan Patrick cobrou escanteio, Wallace subiu para cabecear e ajeitou de mão para Sheik. O árbitro Ricardo Marques Ribeiro deixou o lance seguir e Emerson fuzilou para o gol. Cinco minutos depois, Pará serviu Kayke, que bateu cruzado, sem chances para Cavalieri. O placar podia ter aumentado aos 24 e o atacante tivesse aproveitado uma chance cara a cara com o goleiro do Flu.

Na etapa final, Enderson Moreira lançou o time para frente para tentar diminuir a vantagem. Aos 11 minutos, o Tricolor teve essa chance com pênalti de Samir em Marcos Júnior. Jean bateu com categoria e tirou de Paulo Victor para fazer o primeiro do Fluminense.

O Flamengo, em seguida, voltou a tomar o controle do jogo com duas chances perdidas por Paulinho e Samir. O terceiro gol parecia perto. E saiu aos 22 minutos: Kayke recebeu de Sheik, entrou na área e tocou por cima de Cavalieri. O zagueiro Gum afastou, mas a bola voltou para o próprio Kayke, que cruzou para Paulinho completar de cabeça.

Festa para a nação rubro-negra, que apesar de o Flamengo ser visitante no clássico, ocupou a maior parte dos assentos no Maracanã.

Reveja os gols do clássico:

Curtiu a matéria? Siga o autor no Twitter: @fontes_matheus.
Facebook: Matheus Martins Fontes.

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.