Botafogo e Vitória jogam para decidir liderança da Série B

Foto: Vitor Silva / SSPress

A goleada contra o Atlético-GO e os três gols de Alvaro Navarro servem de estímulo para o Botafogo tentar se manter no topo da tabela. A missão deste sábado (5) é difícil: enfrentar o Vitória em Salvador a partir das 15h (horário de Brasília).

LEIA MAIS:
Goleiro lamenta derrota que pode tirar Bahia do G4
Paraná derrota o Bahia e conquista terceiro triunfo consecutivo na série B

O Botafogo terá o desfalque de três titulares: Carleto e Neilton, lesionados, e Jefferson, convocado para a seleção brasileira. Além deles, Daniel Carvalho segue com dores musculares e Elvis é dúvida.

Os problemas também atingem o Vitória, que não poderá escalar nove jogadores. São eles: Elton (lesão no joelho), Fernando Miguel (edema na coxa direita), Norberto (sem condições de jogo), Luiz Gustavo e André Castro (problemas musculares), além de Maracás, Gustavo, José Wilson e Josué (se recuperam de cirurgias).

O técnico Ricardo Gomes tem história no rival – foi campeão da Copa do Nordeste e do Campeonato Baiano em 1999. Vagner Mancini também treinou o Botafogo, em 2014, mas o clube passou por problemas dentro e fora de campo e terminou o ano rebaixado para Série B.

Apenas o Vitória pode tirar o Botafogo da ponta da tabela. Caso o Botafogo leve a melhor, vai a 42, assume a liderança isolada e abre três pontos para o vice-líder Sampaio Corrêa. Se os baianos conseguirem exercer o favoritismo como mandante chegam aos 41 pontos e voltam ao primeiro lugar.

O equilíbrio entre os times é um dos pontos fortes do campeonato. A diferença entre o líder do Brasileirão Corinthians para o vice Atlético-MG é de sete pontos. Com relação a Série B, a diferença separa o primeiro do 10º colocado (Criciúma).

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES:
Vitória:
Gatito Fernández, Diogo Matheus, Guilherme Mattis, Ramon e Diego Renan; Marcelo Mattos, Flávio, Pedro Ken e Escudero (Jorge Wagner); Rhayner e Elton. Técnico: Vagner Mancini.
Botafogo: Helton Leite, Luis Ricardo, Roger Carvalho, Renan Fonseca e Jean (Diego Giaretta); Serginho, Willian Arão, Tomas e Elvis (Diego Jardel); Sassá (Lulinha) e Navarro. Técnico: Ricardo Gomes.

(Foto: Vitor Silva / SSPress)