Brasileirão: Veja as chances do Corinthians ser campeão

O Corinthians foi derrotado pelo Internacional de virada (2 a 1), na noite da última quarta-feira, no Beira-Rio, e teve quebrada a sequência de 17 rodadas de invencibilidade no Campeonato Brasileiro, perdendo a chance de igualar os recordes de Atlético-PR (2004) e São Paulo (2008). Mesmo com o revés, o líder Timão manteve cinco pontos de diferença para o Atlético-MG, que foi goleado pelo Santos (4 a 0), na Vila Belmiro.

LEIA MAIS:
Após drible da vaca, corintianos não perdoam Edílson nas redes sociais; confira
Renato Augusto é tendência no Twitter, mas agora deixou corintianos divididos; veja o motivo

Por outro lado, o alvinegro viu o Grêmio, terceiro colocado, voltar a ameaçá-lo. Os gaúchos venceram o Atlético-PR por 2 a 1, no Couto Pereira e reduziram a diferença de nove para seis pontos.

De acordo com o site Chance de Gol, o Corinthians tem 77,5% de chances de ficar com o título brasileiro – o número diminuiu em relação à rodada do final de semana. Era de 81,5%. Em relação à probabilidade de ficar no G-4 houve uma pequena oscilação: de 99,8% para 99,3%. Só um desastre em grandes proporções deixará o time de fora ao menos da pré-Libertadores.

A 26ª rodada será complementada na noite desta quinta-feira e os números podem sofrer pequenas alterações.

Se o Corinthians mantiver o aproveitamento do primeiro turno nas 12 rodadas restantes do Brasileirão, dará a volta olímpica. A equipe somou 27 pontos contra 25 do Atlético-MG e 25 do Grêmio.

Aproveitamento do Corinthians nas 12 rodadas finais do primeiro turno: Santos (derrota), Figueirense (vitória), Ponte Preta (vitória), Goiás (empate), Atlético-PR (vitória), Flamengo (vitória), Atletico-MG (vitória), Coritiba (empate), Vasco (vitória), São Paulo (empate), Sport (vitória) e Avaí (vitória).

Classificação e Probabilidades

Pos Time Pts J V E D GP GC SG Probab. de
título
Probab. de
ficar no G4
Probab. de
rebaixamento
1 Corinthians 54 26 16 6 4 43 21 22 77.5 % 99.3 % quase 0 %
2 Atlético MG 49 26 15 4 7 42 27 15 9.7 % 82.2 % quase 0 %
3 Grêmio 48 26 14 6 6 37 22 15 10.1 % 87.2 % quase 0 %
4 Flamengo 41 25 13 2 10 35 31 4 0.3 % 20.1 % 0.01 %
5 Palmeiras 41 26 12 5 9 45 28 17 0.5 % 35.2 % quase 0 %
6 São Paulo 41 25 12 5 8 33 27 6 1.4 % 41.3 % quase 0 %
7 Santos 40 26 11 7 8 43 31 12 0.4 % 27.8 % quase 0 %
8 Internacional 40 26 11 7 8 26 27 -1 0.01 % 4.9 % quase 0 %
9 Atlético PR 38 26 11 5 10 29 28 1 quase 0 % 0.7 % 0.2 %
10 Sport 37 26 8 13 5 35 27 8 quase 0 % 1.0 % 0.1 %
11 Fluminense 34 26 10 4 12 27 33 -6 quase 0 % 0.2 % 1.4 %
12 Ponte Preta 34 26 8 10 8 27 29 -2 quase 0 % 0.08 % 1.8 %
13 Cruzeiro 30 26 8 6 12 25 28 -3 quase 0 % 0.02 % 8.1 %
14 Chapecoense 30 25 8 6 11 20 27 -7 quase 0 % quase 0 % 11.0 %
15 Avaí 29 26 8 5 13 26 41 -15 quase 0 % quase 0 % 55.6 %
16 Goiás 28 26 7 7 12 24 25 -1 quase 0 % quase 0 % 23.6 %
17 Figueirense 27 26 7 6 13 23 38 -15 quase 0 % quase 0 % 58.7 %
18 Coritiba 27 25 6 9 10 17 25 -8 quase 0 % quase 0 % 53.5 %
19 Joinville 23 26 5 8 13 18 29 -11 quase 0 % quase 0 % 87.0 %
20 Vasco 20 26 5 5 16 14 45 -31 quase 0 % quase 0 % 98.9 %

 foto: Getty Images



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)