Cruzeiro encara sequência contra adversários diretos para se afastar do Z4

Com a chegada de Mano Menezes o astral mudou completamente na Toca II. Depois de uma sequência negativa, o Cruzeiro começou a mostrar sinais de reabilitação no Brasileirão após as vitórias diante da Ponte Preta e Figueirense, clubes, que assim como o time celeste, ocupam a parte baixa da classificação. Nas próximas semanas,  os compromissos serão difíceis, mas podem afastar o bicampeão brasileiro de vez das proximidades da zona de rebaixamento.

Na quinta-feira, o adversário será o Flamengo, que ainda sonha com uma vaga no G4. Contudo, com vários desfalques, o Rubro-Negro vai ter muitos problemas para dar sequência à boa fase vivida no Brasileirão. No domingo, o Cruzeiro encara o arquirrival Atlético, vice-líder do Brasileirão.

Passados estes adversários que teoricamente seriam mais difíceis devido a posição ocupada na competição, o time celeste terá o confronto direto, no Mineirão, contra o frágil Vasco, sendo que posteriormente enfrentará a Chapecoense, na Arena Condá, seguido pelo Coritiba, novamente em Belo Horizonte.

Atualmente, a Chapecoense ocupa a 12ª colocação, com 29 pontos, apenas um a mais que o Cruzeiro, em 13º, com 28. Duas posições abaixo aparece o Coritiba, que vem crescendo na competição e pela primeira vez deixou de figurar entre os quatro últimos times na classificação.

Dos últimos sete duelos, já contabilizando os triunfos diante da Ponte Preta e Figueirense, cinco são contra clubes que brigam diretamente contra o Cruzeiro para afastar o fantasma do descenso.



Foi editor do semanário BolanoBarbante, apaixonado por esportes, entusiasta das corridas de rua e dos jogos de tênis.