Demetrious Johnson tenta confirmar favoritismo contra John Dodson

reprodução

Demetrious Johnson é o cara quando o assunto é o peso mosca (57kg) do UFC. Desde que a divisão foi criada na organização, em 2012, ele é o único e incontestável campeão. Mas um homem pode ter sido considerado a maior ameaça ao reinado do “Mighty Mouse”: John Dodson. E eles vão se enfrentar na luta principal do UFC 191, neste sábado (5), em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Será a revanche de um embate que aconteceu em janeiro de 2013. Na época, o campeão manteve o reinado com vitória por decisão unânime. Assim como há dois anos, a promessa é de luta na alta velocidade típica dos levinhos e altíssimo nível.

Johnson não tem paralelos na divisão até 57kg. Muito veloz e com preparo físico fora de série, o campeão representa bem o lutador ideal de MMA: é bom em todas as áreas. Se há um campo do jogo onde ele não é tão bom, é na luta em pé. De suas 22 vitórias, apenas quatro vieram com o rival estirado no chão. Ele tem nove triunfos por finalização e nove por decisão. Derrotas são apenas duas – ambas por decisão -, além de um empate.

Dodson, por sua vez, tem a trocação como carro chefe. O “Mágico” é violento em pé e tem taxa alta de nocautes. São 17 vitórias, sendo oito pela via rápida – duas finalizações e sete decisões completam o cartel, que conta também com seis derrotas, todas por decisão. A última derrota foi justamente para Demetrious Johnson.

Como Johnson é um “camaleão” e tem a confiança de quem não perde uma luta há tempos – o último revés foi em 2011 – é franco favorito. Mas se abrir brechas, pode ser nocauteado e ver o cinturão mudar de dono.

Crédito da foto: Reprodução



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.