Eurico Miranda se diz envergonhado com situação do Vasco e pede desculpas

Vasco
Marcelo Sadio/vasco.com.br

O presidente do Vasco Eurico Miranda falou sobre a situação bastante complicada do clube no Campeonato Brasileiro. Com apenas 13 pontos em 22 jogos, a equipe tem grandes chances de ser rebaixado pelo terceira vez.

Eurico não respondeu à nenhuma pergunta dos jornalistas presentes no treino desta sexta-feira e fez um pronunciamento. O dirigente se disse envergonhado com a goleada por 6 a 0 para o Internacional e pediu desculpas.

“Em nome do Vasco, pedir desculpas à torcida pelo resultado. Expressei aos jogadores a nossa vergonha que deve ser extensiva a eles também. E terminar dizendo que nós não desistimos. Segue o planejamento de atingir nossos objetivos. Não houve desistência, ponto”, afirmou.

O clima foi bastante quente nesta sexta. Um grupo de torcedores protestou em frente ao portão de São Januário e houve até uma tentativa de invasão. Segundo o UOL, um segurança deu um tiro para o alto e impediu o ataque.

O Vasco está a 12 pontos do primeiro time fora da zona de rebaixamento, que é o Goiás, com 25 pontos. A equipe volta a campo neste sábado para enfrentar o Atlético-MG, pela 23ª rodada.

Crédito da foto: Marcelo Sadio/vasco.com.br



Editor senior do Torcedores.com, o jornalista formou-se na Universidade Metodista em 2009 e passou pelas redações do Diário do Grande ABC, Agora SP, UOL e Fox Sports, onde fez a cobertura da Copa do Mundo de 2014. Está no Torcedores desde outubro de 2014.