Goleiro do Flamengo rebate médico e diz que voltou ao time com dor

Flamengo
Foto: Buda Mendes/Getty Images)

O goleiro Paulo Victor, titular da meta do Flamengo, rebateu nesta sexta-feira (4) uma declaração feita pelo médico José Luiz Runco, ex-coordenador do departamento médico do clube. Ao jornal “O Globo” no domingo passado (30), Runco disse que Paulo Victor tinha plenas condições de estar em campo contra o Santos – jogo que aconteceu pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, no dia 2 de agosto. O camisa 48 negou e disse ainda que entrou em campo com dores.

LEIA MAIS:
Com grandes defesas, Paulo Victor volta a brilhar no Flamengo

“A gente não pode voltar o jogador com dor. Claro que algumas coisas internamente poderiam ter sido resolvidas de outra maneira, também não vou culpar ninguém. Acho que a gente não tem que ficar culpando ninguém. O mais importante é voltar a jogar e se sentir feliz”, disse Paulo Victor ao “Globoesporte.com”.

“Trabalhei 11 anos com ele, respeito o profissional que é e tenho certeza que o que ele disse foi como torcedor. Como torcedor, vou respeitar sempre a opinião dele. Sendo positiva ou negativa, não vai mudar minha postura de ser. Tenho que respeitar o torcedor. Agora, como médico, não posso respeitar a opinião dele, até porque ele é médico e não treinador. Ele não pode observar a parte técnica, sendo que ele tem que observar a parte clínica”, completou.

O goleiro quebrou a perna direita durante um treinamento no dia 16 de junho e ficou de molho por um mês de meio. Ele retornou contra o Santos, mas teve problemas e teve nova passagem pelo departamento médico. Paulo Victor só reassumiu o posto em definitivo diante do Vasco, no segundo jogo das oitavas de final da Copa do Brasil – no último dia 26 de agosto.

Crédito da foto: Getty Images



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.