Kayke é elogiado por Oswaldo e diz que o objetivo do Flamengo sempre foi o G-4, mas com pés no chão

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Após a quarta vitória consecutiva no campeonato brasileiro, o Flamengo se aproximou definitivamente do G-4 da competição. Mesmo com o desfalque do principal jogador do time, Guerrero, Kayke vem dando conta do recado, com assistências e gols decisivos.

LEIA TAMBÉM:
Veja quem pode ser desfalque do Flamengo para partida contra o Cruzeiro

Quando Paolo Guerrero foi convocado para seleção peruana, a diretoria do Flamengo tentou convencer a confederação do Peru de liberar o atacante dos amistosos, mas o pedido foi negado. A responsabilidade de substituir Guerrero foi dada a Kayke, atacante formado na base rubro-negra e que era um dos artilheiros da série B, atuando pelo ABC.

E o atacante não vem decepcionando. Kayke vem marcando gols importantes e na última partida, diante do Fluminense, o camisa 27, além de deixar a sua marca, deu a assistência para que Paulinho marcasse o terceiro gol na vitória do Fla.

As atuações foram elogiadas pelo treinador Oswaldo de Oliveira.

– Kayke cresceu gradativamente ao longo dos três jogos que jogou iniciando a partida. Ele se movimentou de forma a ajudar a equipe. Apareceu quando precisávamos ter a bola no campo do adversário. O progresso dele tem sido muito bom e acredito que, se habituando mais a jogar com os companheiros, ele pode crescer mais – elogiou o treinador.

O atacante, que marcou três gols nos últimos dois jogos, disse que após os últimos resultados, o objetivo do Flamengo passa ser o G-4 da competição:

– Com certeza, por que não? Era um objetivo que estava distante. De acordo com nossa performance, foi se tornando realidade. Hoje a gente tem que botar o pé no chão e seguir em frente – disse o atacante do Fla.

Na próxima quinta-feira, o Flamengo recebe o Cruzeiro, no Maracanã, às 21h (horário de Brasília). O rubro-negro terá desfalques importantes, como Everton, Canteros e Márcio Araújo, suspensos e ainda poderá ficar sem Pará e Emerson Sheik, que serão desfalques.

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Curtiu essa matéria? Siga o autor no Twitter: @allanmadi