Prass ‘esquece’ o passado e quer Palmeiras focado no G4 contra o Corinthians

Prass
Cesar Greco/Agencia Palmeiras/Divulgacao

A defesa do pênalti que deu a classificação ao Palmeiras, no Paulistão 2015, em plena Arena Corinthians, é coisa do passado para o goleiro Fernando Prass. A vitória por 2-0 no primeiro turno, também. O camisa 1 do Verdão quer a vitória neste domingo contra o Corinthians visando o G4 do Brasileirão.

LEIA MAIS
Veja a provável escalação do Palmeiras para clássico contra o Corinthians
Veja 8 fatos que comprovam a superioridade do Palmeiras contra o Corinthians
Após 29 partidas, veja quem é o artilheiro do Palmeiras no Allianz Parque

Em entrevista ao Globoesporte.com, o goleiro Fernando Prass disse que não se apega muito ao fato de ter defendido o pênalti da classificação do Palmeiras no começo do ano. Tampouco se deixa levar pelas rodadas em que o Verdão figurou entre os quatro primeiros colocados do Brasileirão. Para ele, terminar a 38ª rodada dentro do G4 é o que vale.

“O que importa não é ficar no G-4 o maior número de rodadas seguidas, o que importa é ficar no final. Temos de chegar à última rodada no G-4. O que importa não é a sua colocação, mas sim os pontos que você soma. Ninguém lembra quem estava no G-4 na 23ª rodada do ano passado. Temos de colocar na cabeça que o que importa é ter uma campanha consistente”, disse o goleiro ao Globoesporte.com.

“É uma situação que vai ficar marcada por muito tempo, mas é muito pouco pra se apegar. Uma defesa de pênalti contra o Corinthians, em uma semifinal, em Itaquera. Óbvio, um pênalti decisivo, a torcida adorou, mas quem joga no Palmeiras tem de pensar muito mais que isso. Tem de ser um grão de areia no deserto em relação a tudo que se espera do clube”, comentou.

Titular absoluto da meta palmeirense, Fernando Prass sabe o quanto é importante um goleiro se preparar para ficar tanto tempo a frente do gol do Palmeiras. Com 135 jogos pelo Verdão, Prass já é o 9º goleiro que mais vezes vestiu a camisa 1 alviverde. Além disso, o arqueiro sabe que o Verdão precisa ser forte jogando em casa para recuperar os pontos que perdeu em rodadas passadas.

“Chego bem, sem problema físico, acho que isso é o mais importante. E confiante. A gente entende o nosso momento na competição, sabe que perdeu pontos importantes contra adversários da parte debaixo, e isso faz falta. Tem de recuperar contra o pessoal que está em cima, principalmente contra o líder do campeonato. É um jogo em casa. Queremos brigar por Libertadores, em casa tem de ter um aproveitamento altíssimo”, disse.

É com esse clima que o Palmeiras entra em campo para buscar a vitória contra o arquirrival Corinthians. Na 6ª colocação do Brasileirão com 34 pontos, o time alviverde sonha em voltar para o G4 já nesta rodada. Para isso será necessário que, além de vencer o seu jogo, Atlético-PR e São Paulo não vençam os seus compromissos.

Foto: César Greco / Palmeiras / Divulgação