Se fizer o simples, Flamengo ultrapassará o Fluminense na tabela

Foto: by Buda Mendes/Getty Images

E o domingo (6) será dia de mais um Fla x Flu pelo campeonato brasileiro. No momento, o rubro-negro vive um momento melhor, vem de três vitórias seguidas e vê o tricolor sem triunfar há três rodadas. Fora isso, a distância que já foi de mais de sete pontos, agora é de apenas um, ou seja, uma vitória dos comandados de Oswaldo de Oliveira acenderá a chama e trará a certeza de que o time da Gávea pode sim chegar entre os melhores da competição, enquanto a crise será ainda mais iminente nas Laranjeiras.

Mas o que será preciso para o Flamengo ultrapassar o seu rival? Aqui vão alguns pontos importantes para analisarmos.

1 – Resgatar o respeito – O Flamengo precisa definitivamente retomar o respeito de seus adversários. A ordem é voltar a vencer um clássico regional e provar que a hegemonia no Rio ainda tem as suas cores, mas para isso terá que aproveitar as chances criadas e não se intimidar.

2 – Alternância tática – Oswaldo de Oliveira terá que colocar em prática o que é treinado. Terá que diminuir e jogar no campo do adversário. A equipe terá que evitar as faltas próximo à área e ceder escanteios, afinal Fred voltará com muita vontade de continuar sendo o carrasco tricolor e Ronaldinho Gaúcho de querer conquistar à torcida.

3 – Camisa 12: O apoio da torcida do Mengão será fundamental para mais uma vitória. Quando empurrado pela massa, o time terá a obrigação de dar a resposta positiva no gramado. Com essa sintonia, quem sabe o clássico não seja mais tranquilo do que o esperado?

4 – Bola parada – O Flamengo ainda precisa aproveitar mais nesse quesito. Se ao contrário a bola área é um Deus nos acuda, a favor ainda fica a desejar. Está mais do que na hora dos gols provenientes de faltas e escanteios se tornarem frequentes.

5 – Usar da experiência – Os jogadores mais experientes terão que se impor e evitar as provocações. Casos de Wallace, Armero, Márcio Araújo, Everton, Emerson Sheik e se entrar, Paulinho.

6 – Controle do nervosismo – Se o time jogar unido e controlando a ansiedade, além de respeitar o adversário, porém sem temer e aguardar pela “tal” bola do jogo, naturalmente criará as oportunidades para sair vencedor. No Maracanã o nervosismo é ainda maior, principalmente pela quantidade de tropeços no 1º turno. Sem Guerrero e Ederson, a expectativa aumenta para o bom momento de Alan Patrick e Kayke que desencantou com dois gols na última rodada contra o Avaí.

7 – Banco de reservas: De acordo com a circunstância da partida, o banco de reserva será muito importante para vencer o clássico. Paulinho e Marcelo Cirino, além de Luiz Antônio podem ser ótimas alternativas.

8 – Arbitragem – O elenco não deve se intimidar com o trio de arbitragem, que aliás foi um fator para à derrota no 1º turno por 3×2. Considerando que o Fluminense foi nitidamente prejudicado contra o Corinthias, na última quarta-feira, a lei da compensação pode entrar em campo, assim é melhor o time se preocupar em jogar bola, aproveitar as chances criadas e não reclamar para evirar punições severas.

Vamos aguardar e ver se o Flamengo resgata a mística de ser um time de chegada ou se voltará a ser apenas uma promessa.

Crédito da foto: Getty Images



Sou formado em Publ & Prop, jornalismo e rádio. Trabalhei em grandes empresas do ramo de serviços e desde 2003 atuo na área esportiva. Fiz parte da equipe da rádio Record e rádio USP, onde criei, produzi e apresentei 2 programas esportivos. Coordenei o principal programa jornalístico da rádio Estadão ESPN. Atualmente atuo na área comercial.