Vasco acumula recordes negativos no Brasileirão; confira

Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

A derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG aumentou a crise no Vasco da Gama. Atualmente o time de São Januário está a oito pontos do Joinville, penúltimo colocado, e tem 12 a menos do que o Goiás, primeiro time fora da zona de rebaixamento.

LEIA MAIS:
Vasco tem pior campanha do que lanterna da Série B
E o respeito? Vasco perde mais uma e continua sendo a piada na web
Vasco enfim faz um gol no Brasileirão; saiba quantos minutos demorou para isto acontecer

6 derrotas consecutivas: sequência de resultados adversos no campeonato começou na 15ª rodada, quando a Chapecoense venceu o Vasco por 2 a 1 em Santa Catarina.

725 minutos sem marcar gols: o pênalti convertido por Nenê na derrota do Vasco por 2 a 1 para o Atlético-MG acabou com jejum que durava desde 26 de julho.

13 pontos em 23 jogos: campanha com apenas três vitórias e quatro empates é a pior da história do Vasco no campeonato. O aproveitamento é de 18,8%.

Pior ataque: a média de gols marcados é de 0,39 por jogo, abaixo de América-RN (2007). O time de Natal terminou o ano com 17 pontos, um recorde na Era dos pontos corridos.

3 rebaixamentos em 12 anos: caso vá para a Série B, o Vasco atinge outra marca negativa na Era dos pontos corridos: o time iguala o Vitória, que caiu em 2004, 2010 e 2014. Já o cruzmaltino levou a pior em 2008 e 2013.

Apesar da má fase e da crise, ainda há chances matemáticas para permanecer na elite do futebol brasileiro. A 15 rodadas do fim, são 45 pontos em disputa.

Sendo assim, o Vasco precisa vencer 11 jogos ou conquistar 10 vitórias e 2 empates para chegar ao limite de 45 pontos, considerada a linha de corte para escapar da Série B.

(Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)