Brasil na Copa de 2018? Ronaldo diz: “precisa voltar a botar medo nos outros”

Maior artilheiro do Brasil em Copas do Mundo, Ronaldo Fenômeno está com medo. Em entrevista ao Esporte Espetacular, que foi ao ar nesse domingo, o ex-jogador admitiu que, pela primeira vez na história, a seleção pentacampeã corre o risco de ficar de fora de uma edição de Mundial.

LEIA TAMBÉM:
Ronaldo Fenômeno: de alvo das ações a empresário de marketing

Para que a Copa da Rússia não fique sem a equipe canarinho, R9 crê que “temos que organizar a casa antes” após o vexame na Copa de 2014 – quando o Brasil levou o vexatório 7 a 1 para a Alemanha nas semifinais – e recupere o respeito de outras seleções, principalmente as da América do Sul.

Todo mundo já está achando que existe essa chance (Brasil ficar de fora da Copa de 2018), esse medo, esse receio. A Copa América sempre encaramos como competição menor, e chegava lá e ganhava. E já tem um tempo que Seleção Brasileira não ganha nada. Qualquer time pode perder, mas o fato é que a maneira que a seleção vem perdendo nas competições deixa todo mundo muito preocupado“, começou Ronaldo, fazendo alusão à eliminação nas quartas de final da Copa América, em julho, para o Paraguai, assim como aconteceu na edição de 2011.

A última competição que o Brasil conquistou foi a Copa das Confederações, em solo nacional, em 2013. Entretanto o desastre no Mundial do ano seguinte acabou apagando o brilho do troféu. Por isso Ronaldo acha que o sucesso irá voltar por aqui quando as outras seleções sentirem medo de enfrentar os pentacampeões mundiais, da mesma forma que acontecia na época que o Fenômeno ainda jogava com a amarelinha.

A seleção precisa voltar a dar medo nos adversários e, com isso, temos que organizar a casa antes. A gente fica sempre nessa sombra dos escândalos na CBF, na Fifa, e quer queira quer não, acho que isso tem afetado o desempenho dentro de campo“, opinou o ex-jogador.

Apesar das dificuldades que a seleção de Dunga deve enfrentar nas Eliminatórias, que começam nesta semana, Ronaldo não quer desculpas: “o momento não é bom, mas temos a obrigação de nos classificar”. Na quarta-feira, o Brasil enfrenta o Chile, atual campeão da Copa América, em Fortaleza.

Assista à entrevista de R9 na íntegra:

Curtiu a matéria? Siga o autor no Twitter: @fontes_matheus.
Facebook: Matheus Martins Fontes.

Foto: Getty Images



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.