Brasil vence a Argentina e é campeão sul-americano de vôlei

O Brasil manteve a hegemonia no vôlei masculino da América do Sul ao bater a Argentina, neste domingo (4), por 3 sets a 0, e se tornar campeão sul-americano pela 30ª vez em 31 edições disputadas até hoje. Isso mesmo, apenas uma vez os brasileiros não foram campeões do torneio. O técnico Bernardinho comemorou o feito, que encerra a temporada da seleção brasileira. 

“Fico feliz de terminar a temporada de forma correta, fechar o ano com o título do Sul-Americano, mesmo que esse fosse o nosso papel. Esse campeonato foi importante e serviu para ver quem faz questão de defender a seleção, os que se entregam e abrem mão para estar aqui, independentemente da competição. Isso, para mim, é muito importante”, disse o comandante, que agora reassume os trabalhos do Rexona-Ades na Superliga Feminina.

O título vem para fechar uma temporada de seleções difícil para o Brasil, que acabou eliminado na fase de grupos das Finais da Liga Mundial, justamente quando elas foram disputadas no Rio de Janeiro como evento-teste para as Olimpíadas de 2016. A seleção brasileira também não pode participar da Copa do Mundo por ter vaga garantida nos Jogos Olímpicos, o que tirou um torneio importante para a preparação do elenco.

Neste domingo, o líbero Serginho foi eleito o melhor jogador da competição, realizada em Maceió, Alagoas.  “Esperávamos um jogo mais duro, mas foi importante imprimir nosso ritmo. Estudamos bastante o time deles, e acho que por isso o jogo se tornou fácil. A Argentina sempre é uma equipe de respeito, que sabe jogar muito bem. Entramos em quadra respeitando muito o time deles e agora estou muito feliz com essa premiação”, afirmou.

Confira todos os jogos do Sul-Americano:

TABELA: 

Dia 30 de setembro
13h15 – Colômbia 3 x 0 Uruguai (25/18, 25/18 e 25/18)
16h – Chile 1 x 3 Venezuela (25/17, 17/25, 21/25 e 20/25)
19h15 – Brasil 3 x 0 Peru (25/8, 25/9 e 25/15)
21h – Argentina 3 x 0 Guiana (25/9, 25/9 e 25/13)

Dia 1º de outubro 
12h30 – Venezuela 3 x 1 Peru (20/25, 25/19, 26/24 e 11/25)
15h15 – Colômbia 3 x 0 Guiana (25/22, 25/15 e 25/20)
18h – Chile 1 x 3 Brasil (25/23, 18/25, 14/25 e 23/25)
21h – Uruguai 0 x 3 Argentina  (12/25, 16/25 e 16/25)

Dia 2 de outubro
12h45 – Peru 0 x 3 Chile (23/25, 16/25 e 21/25)
15h30 – Guiana 0 x 3 Uruguai (14/25, 14/25 e 23/25)
18h15 – Brasil 3 x 0 Venezuela (25/16, 25/8 e 25/14)
21h – Argentina 3 x 0 Colômbia (25/17, 28/26, 20/25 e 25/19)

Dia 3 de outubro 
13h – Venezuela 1 x 3 Argentina (18/25, 25/20, 16/25 e 18/25)
15h40 – Brasil 3 x 0 Colômbia (25/19, 25/14 e 25/10)
18h20 – Peru 3 x 0 Guiana (25/19, 25/14 e 25/17)
18h20 – Chile 3 x 1 Uruguai (25/19, 23/25, 25/16 e 25/18)

Dia 4 de outubro 
8h30 – Venezuela 0 x 3 Colômbia (21/25, 25/27 e 21/25)
10h15 – Brasil 3 x 0 Argentina (25/16, 25/19 e 25/16)

Foto: Divulgação/CBV



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Repórter e apresentador da TV Torcedores. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016.