Confira opções de treinadores para assumir o comando do São Paulo

Crédito: Reprodução / TV

Juan Carlos Osorio provavelmente irá anunciar, nesta quarta-feira (7), sua saída do São Paulo para dirigir a seleção mexicana na Copa do Mundo da Rússia, em 2018. Em quatro meses de trabalho à frente da equipe do Morumbi, o técnico colombiano fez 27 partidas, com doze vitórias, sete empates e nove derrotas, um aproveitamento de pouco mais de 50%.


LEIA MAIS:

Rogério Ceni vê Osorio acertado com a seleção mexicana

Caso a saída do colombiano se confirme, o clube do Morumbi se concentrará na busca por um novo treinador para o resto de 2015 e início da próxima temporada. São poucas as opções no mercado nacional e internacional, mas este colunista preparou uma lista com possíveis técnicos que o Tricolor pode buscar para seu comando:

Diego Aguirre – o uruguaio, que é o meu preferido para assumir o comando do clube paulista, foi um dos grandes nomes do primeiro semestre no futebol brasileiro. No comando do Internacional, Aguirre sagrou-se campeão gaúcho e semifinalista da Copa Libertadores da América.

Pelo histórico positivo que o São Paulo tem com uruguaios, e pela forma como o Colorado jogava sob seu comando, com um futebol incisivo, apostar em Aguirre poderia ser uma ótima sacada do São Paulo.

Resta saber se o treinador aceitaria mais um convite do futebol brasileiro, uma vez que fora queimado pela imprensa e torcedores do Sul.

Milton Mendes – inovador, com proposta de jogo ofensivo e de boas palavras, o ex-treinador do Atlético Paranaense poderia ser uma boa aposta do São Paulo para a próxima temporada.

Milton Mendes é filho da nova safra de treinadores do Brasil que vem surgindo após o 7×1. Também possui o curso de certificação de técnico UEFA PRO e de pós-graduação para treinadores de elite, oferecidas pela entidade europeia. Além disso, fez estágios com Van Gaal e José Mourinho.

Acredito ser uma boa aposta.

Cuca – bastante conhecido entre os técnicos brazucas, Cuca é um dos treinadores que o São Paulo tenta contratar há alguns anos. Seu último trabalho, frente ao Atlético-MG, foi excelente. No Galo, o técnico tirou a famosa fama de azarado e conquistou a Copa Libertadores da América, com um time repleto de jogadores renegados em outros clubes.

Além disso, se destaca por montar equipes ofensivas e que jogam em alta velocidade, proposta cada vez mais presente no futebol moderno. Resta saber se o Cuca abriria mão dos milhões que ganha no futebol chinês para voltar ao Brasil.

Levir Culpi – com estilo parecido com o Cuca, o bem humorado Levir é outro grande treinador em evidência no futebol brasileiro. Atual vice-líder do Campeonato Brasileiro, Levir faz com que seu time jogue um futebol ofensivo, com intensidade e em alta velocidade.

Além disso, o clube teria entrevistas coletivas divertidíssimas.

André Villas Boas – sonho antigo do atual vice-presidente de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, o português André Villas Boas poderia pintar no Morumbi para 2016.

Na época em que estava procurando treinador, Villas Boas chegou a ser sondado pelo São Paulo e afirmou que somente na próxima temporada poderia assumir o Tricolor Paulista.

Guto Ferreira – por fim, talvez o nome com menos força para assumir o São Paulo. Guto Ferreira aparece em minhas opções pois não é de hoje que o considero um ótimo treinador. Fez um ótimo trabalho na Portuguesa, em 2013 e no primeiro turno, estava voando com a Ponte Preta, até que perdeu jogadores.

Acredito ser muito difícil que este nome desembarque no Morumbi, até porque não parece ter muito o perfil do presidente do clube, mas, na minha opinião, seria uma ótima aposta.

E você torcedor? Qual treinador você quer ver no comando do São Paulo em 2016?

Crédito da foto: Reprodução / TV



Jornalista. Cervejeiro e Tricampeão Mundial. Fã da série Supernatural e de quem não se mete na vida alheia.