Conselheiro do Palmeiras crítica time após goleada: “360 milhões de faturamento ao ano para isso?”

Cesar Greco/Ag.Palmeiras

O Palmeiras foi massacrado pela Chapecoense, neste domingo, pela 29º rodada do Brasileirão e com uma goleada por 5×1 perdeu a vaga no G4 da competição para o rival Santos, que superou o Fluminense. E quem não gostou nada do resultado, além da própria torcida do verdão, foi um dos conselheiros do clube.

LEIA TAMBÉM:
Delegado nega interferência externa na polêmica de Chapecoense x Palmeiras

Comentarista do SporTV detona Egídio: “Falo na cara dele que não sabe marcar”
Arouca sai de campo com dores no joelho e preocupa Palmeiras
Juiz expulsa Egídio e volta atrás em lance polêmico de Chapecoense x Palmeiras
Palmeiras é goleado e vira piada nas redes sociais. Veja os memes!

Piraci Oliveira, que trabalhou com Arnaldo Tirone entre 2011 e 2012, lamentou a goleada sofrida em Chapecó. “360 milhões de faturamento ao ano para isso? Falar o quê?”, questionou.

“Desce o começo do ano disse que nosso objetivo em 2015 era atingir 46 pontos. Ainda não alcançamos”.

O conselheiro ainda criticou a “postura” do Palmeiras em campo e prevê dificuldades para garantir uma vaga na Libertadores. “A única chance de vaga para a Líber é a Copa do Brasil, mas com esse grupo bi-polar está bem difícil…”

twitter-piraci

VEJA TAMBÉM:
Palmeiras tem um elenco completo de jogadores que retornam de empréstimo; veja quem são

Foto: Cesar Greco/Ag.Palmeiras