Doriva é o novo técnico do São Paulo

O técnico Doriva rescindiu nesta quarta-feira (7) o contrato com a Ponte Preta. O clube de Campinas anunciou que ele aceitou convite para ser o novo comandante do São Paulo, que perdeu nesta semana o técnico Juan Carlos Osorio.

LEIA MAIS
Osorio agradece até “homem que corta grama”, mas ignora Aidar

Doriva surgiu com destaque como treinador no ano passado, quando foi campeão paulista pelo Ituano. Neste ano, começou a temporada como técnico do Vasco, onde foi campeão carioca. Demitido após maus resultados no início do Brasileirão, o treinador assumiu a Ponte Preta posteriormente.

Confira a íntegra da nota oficial da Ponte Preta:

O técnico Doriva comunicou a direção da Ponte Preta na tarde desta terça-feira (07), que está deixando o comando da equipe. O treinador aceitou o convite feito pelo São Paulo Futebol Clube e já se despediu do elenco alvinegro.

Ao todo foram 15 jogos, com seis vitórias, cinco empates e quatro derrotas, atingindo 51,11% de aproveitamento. A diretoria pontepretana irá avaliar os nomes de treinadores disponíveis no mercado e irá anunciar assim que houver uma definição.

Saída de Osorio

Mais cedo, o técnico Juan Carlos Osorio fez um discurso de despedida do São Paulo em coletiva realizada nesta quarta-feira (7) no CT da Barra Funda. O treinador colombiano, que deixa o Tricolor para assumir a seleção do México, fez uma longa lista de agradecimentos que incluiu até “o homem que corta a grama”, mas não mencionou o presidente do clube, Carlos Aidar.

Osorio mencionou diretamente o ex-vice de futebol do São Paulo, Ataíde Gil Guerreiro, que deixou o cargo na última terça-feira (6) após se envolver em uma polêmica que, segundo a coluna Radar da revista Veja, terminou com um soco desferido por ele em Aidar.

“Agradecimento ao doutor Ataíde pelo apoio incondicional do início ao fim”, disse Osorio, que sempre foi ligado ao dirigente. O ex-técnico do São Paulo mencionou ainda jogadores, comissão técnica, o auxiliar Milton Cruz, funcionários, sua família e a Deus.

A saída de Osorio, que pediu desculpas por não ter concluído o trabalho e se disse triste por não participar das finais da Copa do Brasil, tinha sido anunciada na terça-feira por nota oficial escrita por Aidar, que pediu ainda a demissão coletiva da direção do São Paulo.

Confira abaixo a nota oficial:

“Informo que, no dia de hoje, solicitei a todos os diretores que apresentassem um pedido coletivo de demissão. Essa atitude permitirá uma recomposição da Diretoria, baseada em conversas com todos os grupos políticos do SPFC e com o objetivo maior de PACIFICAÇÃO. Chega de disputas políticas internas que nada acrescentam na vida do nosso clube. É hora de todos nós, são-paulinos, nos unirmos para o bem da instituição São Paulo F. C.

Nesta data, recebi também, aqui em minha sala, a visita do Sr. Juan Carlos Osorio, que confirmou estar deixando a direção técnica do nosso time para dirigir a Seleção do México durante as eliminatórias para a próxima Copa do Mundo, um desejo que ele alimentava há muito tempo. Lamento profundamente essa decisão de Osorio, já que vinha desenvolvendo um bom trabalho. Desejo-lhe boa sorte.

Nos próximos dias anunciarei os nomes dos novos diretores, bem como do novo técnico. Até lá, não voltarei a me pronunciar publicamente sobre os assuntos aqui tratados.

Carlos Miguel C. Aidar”

Foto: Getty Images



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Repórter e apresentador da TV Torcedores. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016.