Eliminatórias: Veja os pontos fortes dos dois primeiros adversários do Brasil

As eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018 começam nesta quinta. O primeiro jogo do Brasil será contra o Chile, no Estádio Nacional de Santiago. O segundo jogo será no dia 13, contra a Venezuela, no estádio Castelão (Ceará).

LEIA MAIS:
Visitantes tem histórico a seu favor na estreia das Eliminatórias

Pensando nessas duas partidas iniciais para o Brasil, o Torcedores.com, resolveu fazer uma análise dos principais pontos fortes do Chile e da Venezuela.

A seleção chilena possui um coletivo muito forte, tem uma boa saída de bola, zagueiros rápidos e um meio de campo bem forte com Vidal.

Eles dão pouco espaço para tocar a bola, se movimentam muito bem, não deixam os adversários tocarem e trabalharem a bola para criarem oportunidades de gols, além de também terem um excelente ataque com Alexis Sánchez e Eduardo Vargas.

O Chile utiliza a marcação alta para pressionar os zagueiros adversários e fazê-los dar chutões.

Outro grande ponto forte do Chile é o técnico Jorge Sampaoli, que é um grande treinador, e que conseguiu um feito histórico ao ganhar a Copa América.

Dependendo do adversário, Sampaoli tem diferentes planos de ação, do tratamento de posse de bola e até mesmo da forma como o jogo se desenrola. Portanto, o treinador tem um bom leque de opções para o primeiro jogo da fase das eliminatórias, contra o Brasil.

Já a Venezuela possui um bom sistema defensivo, com dois zagueiros altos e fortes, que se dão bem na bola aérea. Os venezuelanos também possuem um percentual maior de jogadores que atuam no exterior. Isso dá mais experiência ao grupo. Nessa seleção, se destaca o atacante Rondón, que o Brasil precisa ter atenção.

Crédito da foto: Getty Images