Jogador da Chapecoense diz que já chorou pelo Palmeiras e revela: “sempre quis jogar lá”

A derrota por 5×1 sofrida pelo Palmeiras para a Chapecoense, neste domingo, pela 29º rodada do Campeonato Brasileiro segue sem explicações, mas um dos personagens mais importantes do jogo fez algumas revelações importantes nesta segunda, em entrevista para o Uol esportes.

LEIA TAMBÉM:
Delegado nega interferência externa na polêmica de Chapecoense x Palmeiras

Comentarista do SporTV detona Egídio: “Falo na cara dele que não sabe marcar”
Arouca sai de campo com dores no joelho e preocupa Palmeiras
Juiz expulsa Egídio e volta atrás em lance polêmico de Chapecoense x Palmeiras
Palmeiras é goleado e vira piada nas redes sociais. Veja os memes!

O meia Camilo, camisa 10 da Chapecoense e autor de um dos gols contra o Palmeiras, revelou ser apaixonado pelo clube e que tem o sonho de vestir a camisa do Alviverde. “Como torcedor, eu sempre tive vontade de jogar no Palmeiras”.

“Inesquecível aquele título da Libertadores. Eu chorei vendo o Palmeiras campeão. Também chorei na derrota contra o Vasco pela Mercosul. O Palmeiras virou o 1º tempo ganhando, mas levou a virada . Meus amigos são vascaínos e tiraram sarro. Eu era muito novo, mas teve a eliminação contra o Ceará”, lembrou o meia.

Apesar do amor pelo clube, Camilo se tornou um grande carrasco do Verdão nos últimos anos. Ele fechou a goleada do Mirassol contra o Palmeiras em 2013, foi autor de um gol anulado na vitória por 3×1 do Botafogo-SP no Paulistão de 2014, além de dar duas assistências para Nunes marcar na vitória do Santo André por 2 a 0 no Brasileirão de 2009.

“Até por eu ser palmeirense, fica aquele sentido de não poder afrouxar diante do seu time de coração. Pode ser que isso pese. Mas eu coloco sempre o respeito pelo clube onde trabalho e a Chapecoense faz uma campanha muito séria”

Aos 29 anos, Camilo já acumula passagens por Marília, Cruzeiro, Grêmio Barueri, Santo André, Ceará, Avaí, Sport e América-MG.

Foto: Getty Images