McGregor afirma que é o “rei do MMA”; Ronda é a “rainha”

Getty Images

Rival do brasileiro José Aldo no UFC 194, que está marcado para o dia 12 de dezembro em Las Vegas, nos Estados Unidos, o irlandês Conor McGregor não é nada modesto ao falar de suas habilidades. Em entrevista ao programa “The MMA Hour”, o campeão interino do peso pena (66kg) da organização disse que ele é o “rei” do MMA.

LEIA MAIS:
UFC lança pôster e esquenta mais o clima para Aldo x McGregor

 

E, se ele é o rei, a rainha não poderia ser outra se não a campeã do peso galo (61kg) feminino do UFC, Ronda Rousey.

“Tenho o maior respeito possível por Ronda Rousey, pelo que ela conquistou. No MMA, ela é a rainha, e eu sou o rei”, afirmou Conor McGregor após ser questionado pelo jornalista Ariel Helwani sobre quem seria o rosto número 1 do MMA mundial, se ele ou Ronda.

Assista a entrevista completa com McGregor a partir de 1h48:

O europeu e Aldo deveriam ter se enfrentado em 11 de julho, no UFC 189, pelo cinturão linear dos penas. Mas o brasileiro se machucou antes do combate e teve de ser substituído pelo americano Chad Mendes – que lutaria contra McGregor pelo título interino.

McGregor nocauteou Chad Mendes, conquistou o cinturão interino e garantiu o combate contra José Aldo.

Na entrevista ao “The MMA Hour”, McGregor disse que estava com a perna machucada e que Aldo sabia disso. O irlandês, por sua vez, afirmou que sabia da lesão do brasileiro.

“Estava com a perna lesionada. Houve dias que eu não conseguia andar direito. Mas eu disse a mim mesmo que os realmente grandes superam as adversidades. Eu sabia da lesão de José Aldo, e ele sabia da minha. Eu disse a ele que não o acertaria na costela, e não acertaria mesmo. Eu queria acertar o queixo, e era isso que eu faria. Hoje eu desejo o bem de Aldo, quero que ele tenha um camp tranquilo e saudável. Quero que ele se prepare para uma disputa de título mundial, apareça e lute. Se isso acontecer, eu vou vencê-lo, unificar o cinturão dos pesos-penas e chegar ao topo do ranking peso-por-peso, que é o meu lugar”, disse.

Além da disputa do cinturão dos penas entre Aldo e McGregor, o UFC 194 também terá o embate entre Chris Weidman e Luke Rockhold, válido pelo título do peso médio (84kg).

Crédito da foto: Getty Images



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.