Mercado da bola: quem pode reforçar ou sair do Grêmio em 2016

Foto: Reprodução

Dentro de campo, o Grêmio só pensa em assegurar o mais rápido possível a vaga à Copa Libertadores, faltando seis rodadas para o fim do Brasileirão. Fora dele, a diretoria já começou a traçar o planejamento para a próxima temporada. Alguns reforços vão chegar, mas sem o impacto desejado por muitos torcedores. A política de contenção de gastos implementada pelo presidente Romildo Bolzan Jr no final do ano passado vai ser mantida. O objetivo é manter o atual elenco.

LEIA MAIS:
Perto da Libertadores, Grêmio recebe o Flamengo e ‘seca’ a concorrência

O Tricolor possui uma lista de 30 jogadores em análise para contratações pontuais. As principais carências estão na lateral-direita, na meia e no ataque.

Para ajudar você, torcedor do Grêmio, o Torcedores.com mostra aqui quem pode chegar e sair do clube em 2016. Confira:

Quem pode chegar

Na última quarta-feira, a Rádio Guaíba divulgou que o Grêmio está monitorando o atacante Kieza, que está emprestado ao Bahia somente até o fim do ano. Os seus direitos econômicos estão vinculados ao Nanchang Bayi, da China. A ideia do Tricolor Gaúcho é negociar com o empresário do atacante, para intermediar com a equipe da China.

Outro nomes que estão na mira gremista segundo a Rádio Bandeirantes de Porto Alegre são os do lateral-direito Rodinei, destaque da Ponte Preta e do atacante Rafael Marques, do Palmeiras. O primeiro jogador se encaixaria perfeitamente na política de reforços bons e baratos implementada por Romildo Bolzan Jr no final de 2014. O lateral de 23 anos tem contrato com a Ponte Preta apenas até dezembro e viria sem custos. No entanto, o Tricolor deve ter a concorrência de outros clubes.

Já Rafael Marques está emprestado pelo Henan Jianye-CHN ao Palmeiras somente até dezembro deste ano. Os chineses pedem R$ 5,7 milhões pelos direitos econômicos do atacante. Dificilmente o Palmeiras vai continuar apostando no jogador de 32 anos. O Grêmio ainda não fez qualquer proposta oficial.

De acordo com o colunista Jorge Nicola, do Diário de S.Paulo, o Grêmio está próximo de fechar a contratação do zagueiro Kadu, do Atlético-PR, assim superando a concorrência de Santos e Palmeiras.

A ideia da equipe gremista é ter o zagueiro sem custos, após o término do Campeonato Brasileiro. O atleta estaria livre para assinar pré-contrato com qualquer clube do país para 2016.

Nas últimas semanas, os nomes do lateral-direito Apodi, da Chapecoense, dos meias Nikão, do Atlético-PR, e Marquinhos Gabriel, do Santos, foram especulados para reforçar o time.

Quem pode sair

O clube terá que trabalhar forte nos bastidores para não perder peças já que muitos atletas estão com o contrato vencendo em dezembro.

Erazo – Emprestado, o zagueiro ficará livre do vínculo com o Barcelona de Guayaquil em dezembro. No entanto, os empresários do equatoriano pedem cerca de R$ 8 milhões para a aquisição dos seus direitos econômicos por três temporadas. A negociação não é simples. E para piorar, o jogador tem pré-contrato com o Estoril-POR.

Rafael Galhardo – O lateral-direito está emprestado pelo Santos somente até dezembro. O Grêmio iniciou as conversas com o rival para mantê-lo no elenco. O presidente santista Modesto Roma Jr demonstrou disposição em negociar o jogador com os gremistas. “Com o Romildo[presidente do Grêmio] dá para acertar as coisas. É um sujeito de grande nível. Com ele estamos dispostos a fazer negócio”, disse o mandatário do Santos para à Rádio Bandeirantes/RS. Galhardo tem vínculo com o Peixe até 2016. A princípio, a diretoria santista pede R$ 5 milhões para vender o lateral. Mas o Tricolor Gaúcho pretende oferecer atletas a diretoria santista, com objetivo de abaixar o valor pedido.

Douglas– O vínculo do meia termina em dezembro. A diretoria tem o interesse em mantê-lo. Ele deve permanecer no clube por mais duas temporadas. As conversas para a renovação contratual já começaram.

Maicon– A permanência do volante é complicada. O contrato de empréstimo se encerra em dezembro e o São Paulo inicialmente pediu R$ 9 milhões para liberá-lo em definitivo. Maicon reiterou diversas vezes que não quer voltar ao time paulista.

Braian Rodríguez: Sem espaço no clube, o centroavante uruguaio Braian Rodríguez deve ser devolvido ao Bétis.

Fernandinho – O atacante retornou de empréstimo do Hellas-Verona-ITA no segundo semestre deste ano, não correspondeu às expectativas e pode virar moeda de troca, a partir do ano que vem, conforme revela o site “UOL Esporte”. Fernandinho tem contrato até o fim de 2017 e seus vencimentos no clube gaúcho giram em torno de R$ 350 mil por mês. O salário ultrapassa o teto que foi estipulado pelo clube gaúcho, que é de R$ 150 mil por mês.



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)