Mercado da Bola: saiba detalhes do contrato de Osorio oferecido pela Federação Mexicana

Crédito da foto: Reprodução/TV

O técnico Juan Carlos Osorio indicou neste sábado (3) que deve aceitar a oferta da Federação Mexicana de Futebol para ser técnico da seleção local e, assim, deixar o São Paulo. Porém ele tentará convencer os cartolas estrangeiros de ficar no Tricolor até o desfecho da Copa do Brasil, para aí sim assumir o selecionado do México. E ele não teria aceitado qualquer proposta, se trata de um acordo irrecusável.

LEIA MAIS
Osorio indica saída do São Paulo, mas anúncio fica para quarta-feira
Diego Aguirre é cotado para substituir Osorio no São Paulo
Site mexicano crava saída de Osorio do São Paulo
Juan Carlos Osorio fica no São Paulo ou vai para o México? Veja o que já sabemos
São Paulo: em enquete, torcedores acham que Osorio foi correto em criticar diretoria

De acordo com Jorge Nicola, jornalista do Diário de S.Paulo e comentarista da ESPN Brasil, a federação do país da América do Norte ofereceu quatro anos de vínculo e um salário de US$ 150 mil por mês, o que hoje representa quase R$ 600 mil por conta da recente alta do dólar (em 48 meses, seriam R$ 30,8 milhões só em vencimentos). Já no time paulista, ele recebe R$ 250 mil atualmente.

Outro aspecto é que se Osorio for demitido antes do fim do contrato, receberá 60% pelo valor não trabalhado, o que é uma garantia de estabilidade no emprego. No São Paulo, o colombiano não tem multa rescisória em caso de quebra de acordo.

A resposta do comandante será dada até quarta-feira (7), segundo ele próprio disse em coletiva após a vitória sobre o Atlético-PR (1 a 0), pelo Campeonato Brasileiro.

Crédito da foto: Reprodução/TV



Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade. Atualmente como repórter colaborador no site Torcedores.com.