Opinião: Conheça os 5 motivos que explicam a má fase do Chelsea

Antes da pausa para a Data FIFA, o atual campeão da Barclays Premier League, Chelsea, acumulou quatro derrotas, dois empates e apenas duas vitorias. É a campanha jamais vista pelo clube, nas mãos de seu maior treinador, José Mourinho, o “Special One” para os mais íntimos.

LEIA MAIS: Mourinho reconhece má fase: “Nunca perdi tantas partidas”

Embora todos os seus torcedores tenham apostado em uma nova campanha vitoriosa, após a belíssima campanha na Premier League 2014-15, a equipe do Chelsea não vem respondendo a expectativa e vem sendo a maior piada neste começo de temporada da Barclays Premier League.

A explicação para isso ninguém sabe. Mas cinco motivos podemos destacar:

Defesa: Eleita a melhor defesa da temporada 2014-15 com 32 gols sofridos em 38 jogos e um saldo positivo de 41 gols. A equipe do Chelsea hoje, ostenta a segunda pior defesa do campeonato ao lado do Newcastle com 17 gols sofridos. O saldo que antes impressionava qualquer equipe da Premier League, atualmente está empatada com West Bromwich Albion e Aston Villa com -5 gols, sendo o quinto pior da competição.

Acomodação: Ao assistir o Chelsea de José Mourinho nesta temporada é possível ver que falta garra, vontade, paixão a equipe. Após a grande campanha, os comandados de Mourinho parecem não ter motivos para correr em campo, nem os altos salários enchem mais os olhos daqueles que estão por lá.

Liderança: No Chelsea sempre foi possível ver uma liderança na equipe, seja ela comandada por Frank Lampard, Didier Drogba ou Petr Cech. Agora sem eles em campo, devido a suas transferências, os comandados de José Mourinho depositaram a confiança em John Terry, que não vem demonstrando boas atuações. Como todos sabem, líderes não são criados, eles surgem naturalmente com este espirito e agora resta aos “vices capitães” Branislav Ivanovic e Gary Cahill mostrarem que merecem a confiança do Special One e de seus colegas de equipe, para poderem reerguer os Blues no campeonato.

Individualidade: Este fator vem atrapalhando muito a nova temporada do Chelsea, isto por que, muitos de seus principais atletas não estão atravessando boa fase, a começar pelo novo capitão John Terry que após um excelente desempenho na temporada passada, na qual jogou os 90 minutos de todas as 38 partidas da Premier League, hoje parece estar muito lento e desatento nos lances, deixando-o incapaz de capitanear sua equipe.

Outro que individualmente está prejudicando é Cesc Fàbregas. Ele não cria, não consegue fazer a transição da bola entre defesa e ataque e além de tudo pouco marca, deixando assim Ivanovic praticamente sozinho na marcação, que sobrecarregado, viu 12 dos 17 gols sofridos pela equipe, serem criados pelo seu lado do campo.

Eva Carneiro: Sim ela mesmo, a doutora dos Blues protagonizou um conflito com José Mourinho a beira do gramado, logo na primeira rodada da Premier League, quando ela paralisou a partida para atender Eden Hazard nos acréscimos da partida que estava empata por 2 a 2 em Stamford Bridge.

A atitude de Eva Carneiro deixou José Mourinho furioso que após a partida fez duras críticas a medica do clube em sua coletiva. Ele alegou que não havia gravidade que demandasse atendimento médico ao jogador, e que a médica precisa saber melhor os momentos que exigem sua atuação.

Ambas as partes erraram naquele momento, já que o problema deveria ter sido resolvido internamente, mas após expor a Drª Carneiro, Mourinho se surpreendeu com um post cheio de entrelinhas, publicado por Eva Carneiro em sua página oficial do Facebook, algo que foi visto como inaceitável para alguém que deveria buscar o bem da equipe. O conflito ressoou intensamente na imprensa britânica ao longo das duas rodadas seguintes , que com certeza, contribuiu para desestabilizar o time.

Créditos da Foto: Site oficial do clube.



Sou um blogueiro/Colunista do PSArsenal fanático pelos Gunners (Arsenal FC). Apesar de novo e sem experiencias jornalisticas, busco o bom vocabulário para apresentar meus conhecimentos do mundo da bola.