Palmeiras: Árbitro “esquece” cartão vermelho anulado para Egídio na súmula

Acredite se quiser: o árbitro Jaílson Macedo Freitas “esqueceu” toda lambança que aprontou na vitória da Chapecoense sobre o Palmeiras por 5 a 1 nesse domingo, em Chapecó, e não relatou qualquer expulsão na súmula pós-partida. Aos 15 minutos do primeiro tempo, o juiz marcou falta de Egídio em William Barbio e expulsou o lateral do Verdão. Após longa espera, quando o jogador já estava no vestiário, o juizão voltou atrás e o camisa 66 entrou novamente em campo.

LEIA TAMBÉM:
Delegado nega interferência externa na polêmica de Chapecoense x Palmeiras

Comentarista do SporTV detona Egídio: “Falo na cara dele que não sabe marcar”
Arouca sai de campo com dores no joelho e preocupa Palmeiras
Juiz expulsa Egídio e volta atrás em lance polêmico de Chapecoense x Palmeiras
Palmeiras é goleado e vira piada nas redes sociais. Veja os memes!

É possível visualizar no site oficial da CBF que, na súmula eletrônica, o campo de expulsões aparece em branco. Segundo o comentarista de arbitragem do SporTV, Paulo Cesar de Oliveira, o árbitro deveria ter informado que, por auxílio de seus assistentes, mudou sua decisão.

“Ele deveria ter incluído essa informação na súmula, porque foi um fato mostrado. O jogador recebe cartão, vai para o vestiário e depois volta a participar do jogo. Essa informação deveria estar na súmula (…) Essa é uma informação chave que deveria, sim, constar da súmula do jogo”, disse Paulo Cesar em participação no programa “Troca de Passe”, da emissora.

sumula

Estranhou-se que a mudança de decisão do árbitro demorou tanto tempo para ocorrer. A transmissão do SporTV chegou a fazer hipóteses ao longo da transmissão, assim como vários internautas, suspeitando que o quarto árbitro tivesse recebido informações de fora do campo.

O delegado da partida Marco Antônio Martins descartou essa possibilidade e explicou que a demora de cerca de cinco minutos entre a expulsão e anulação do cartão vermelho ocorreu pela “falha nos equipamentos de rádio da arbitragem”.

Curtiu a matéria? Siga o autor no Twitter: @fontes_matheus.
Facebook: Matheus Martins Fontes.

Foto: César Greco/Ag. Palmeiras



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.