Presidente e vice do São Paulo teriam brigado em hotel, garante revista

Crédito: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Crédito: Rubens Chiri / saopaulofc.net

A briga política do São Paulo chegou ao ápice nesta manhã de segunda-feira, quando o vice-presidente Ataíde Gil Guerreiro teria agredido o presidente tricolor, Carlos Miguel Aidar.

LEIA MAIS:
México não aceita esperar Osório e Milton Cruz admite sua saída à TV
Confira opções de treinadores para assumir o comando do São Paulo

Segundo a coluna Radar On-line, de Vera Magalhães, da Revista Veja, os cartolas teriam batido boca durante o café da manhã no hotel Radisson, na capital paulistana, quando Ataíde teria dado um soco em Aidar. Os dois tiveram que ser contidos para que a confusão não aumentasse ainda mais.

O desentendimento entre os dois principais dirigentes do clube se iniciou em abril, quando Aidar encerrou as negociações com Alejandro Sabella, que era conduzida por Ataíde.

A mais recente história que envolve a diretoria foi contratação do zagueiro Iago Maidana, de 19 anos, que foi conduzida pelo vice-presidente, mas que tem envolvimento de uma investidora, o que é proibido pela FIFA. O caso está em análise no STJD e o São Paulo pode ser punido.