Rádio Estadão encerra departamento de esportes

logoestadaoA Rádio Estadão promoveu nesta segunda-feira mudanças radicais em sua programação, a ponto de extinguir o seu departamento de esportes.

A emissora que é sintonizada na cidade de São Paulo na frequência de 92,9MHz convocou seus colaboradores por email para uma reunião que teve lugar na sede do Grupo Estadão nesta manhã e vários cortes no quadro de pessoal aconteceram. Entre os dispensados estão nomes como Geraldo Nunes (um dos poucos que trabalharam na antiga Rádio Eldorado), Roxane Ré (ex-CBN), Vinicius França (ex-Bandeirantes) e Weber Lima, que comandava a parte de esportes da emissora, quando faltam nove rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro e quatro da Copa do Brasil para encerrar o ano de 2015. Outros desligamentos devem acontecer até o mês de dezembro.

A rádio agora vai investir em uma programação mais musical e em jornalismo concentrado em duas partes, a primeira entre 6 e 10h e a segunda entre 20h e 0h.

Veja abaixo a nota em que o Grupo Estadão, através de seu diretor Acácio Costa anuncia as mudanças na emissora:

Com o “coração partido”, o diretor Acácio Costa anunciou as demissões na emissora

A partir de hoje A Rádio Estadão (92,9 FM) estreia nova grade de programação a partir de hoje, segunda-feira (5). O jornal matutino “Estadão No Ar Primeira Edição” ganha mais uma hora de exibição e vai ao ar entre 6h e 10h, de segunda a sexta-feira, com os âncoras Haisen Abaki e Alessandra Romano e um time de colunistas formado por Eliane Cantanhêde, Sonia Racy, José Roberto Mendonça de Barros, Alexandre Garcia, Luiz Antonio Prósperi, Gustavo Loyola, Paulo Saldiva, coronel José Vicente, entre outros. A partir desse horário, a emissora mesclará notas informativas e música de boa qualidade ao longo do dia. Às 20h, entra no ar o “Estadão Noite”, um programa musical com 4h de duração. “Essa é a nova estratégia da Rádio Estadão para oferecer ao público qualificado paulista uma combinação única de informação e música de qualidade, ocupando assim um posicionamento diferenciado de todas as demais FMs”, falou.