Record e Esporte Interativo lideram corrida para transmitir Sul-Minas-Rio

A Liga Sul-Minas-Rio já decidiu que colocará o torneio em vigor em 2016, mesmo que isso signifique não ter o apoio da CBF. Até nome a competição já tem: Primeira Liga. CEO da nova organização, Alexandre Kalil declarou em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo também que duas emissoras demonstraram interesse para a transmissão do evento. A Globo, até aqui, não se posicionou.

LEIA TAMBÉM:
Copa Sul-Minas-Rio: “Daria meu cargo para o Corinthians participar”, afirma Kallil

“Temos um nome (Primeira Liga), é como a Premier League (Campeonato Inglês) e já estamos tentando vender o produto. A Record me ligou e o Esporte Interativo também. Já tenho uma reunião”, confirmou o dirigente, que parece não estar muito preocupado em ter o apoio da maior emissora de televisão do Brasil.

“Não tem Globo porque não nos procuraram. A gente não vai atrás de ninguém. Temos o produto, quem tiver interessado que nos procure”, completou o ex-presidente do Atlético-MG. Segundo reportagem, a Globo estaria aguardando a confirmação do torneio para tomar uma decisão final.

A Liga Sul-Minas-Rio é formada por 15 times: América-MG, Avaí, Atlético-MG, Atlético-PR, Chapecoense, Coritiba, Criciúma, Cruzeiro, Figueirense, Fluminense, Flamengo, Internacional, Joinville, Grêmio e Paraná

Kalil acrescentou que uma nova reunião dos clubes acontecerá na próxima quinta-feira para discutir mais detalhes sobre os rumos do torneio.

Curtiu a matéria? Siga o autor no Twitter: @fontes_matheus.
Facebook: Matheus Martins Fontes.

Foto: Arquivo/Torcedores.com



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.