Roger garante: “Não quero sair daqui sem dar um título para o Grêmio”

Dominado em alguns momentos da partida, o Grêmio tratou de comemorar o ponto ganho diante do Cruzeiro, no Mineirão, após o empate em 0x0. O time segue na terceira colocação e ainda apresenta certa folga dentro do G4. Na coletiva de imprensa, o técnico Roger Machado fez questão de valorizar a rápida reação depois da eliminação para o Fluminense na Copa do Brasil.

MAIS GRÊMIO:

Grêmio não tem bom retrospecto quando joga com a Arena lotada

“É muito difícil empatar fora de casa contra o Cruzeiro. Viemos de uma desclassificação e era necessário reagir, mesmo sendo contra uma forte equipe, que cresceu depois da chegada do Mano. Fiquei satisfeito com nossa produção”, destacou o comandante tricolor.

Mesmo com mais nove jogos a serem feitos pelo Campeonato Brasileiro de 2015, Roger já mira a próxima temporada. O técnico tem uma cláusula automática de renovação e seguirá no comando do Grêmio em 2016. E pensa grande:

“Eu não quero sair daqui sem dar um título para o Grêmio e para o meu torcedor. Quero ficar. Estarei aqui e quero um título de Brasileirão ou Libertadores”, disse.

Crédito da foto: Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio Oficial.

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.