Opinião: Sem Arouca, Robinho é a melhor opção para o meio campo do Palmeiras

César Greco/Ag. Palmeiras

Autor de dois gols por cobertura em Rogério Ceni, Robinho fez a função de segundo volante no início do ano. É uma das alternativas para Marcelo Oliveira remontar o meio campo do Palmeiras nessa fase final de Brasileirão e Copa do Brasil.

LEIA MAIS: 
Números não mentem e comprovam queda de Egídio no Palmeiras
Arouca tem lesão muscular e retorno pode levar pelo menos um mês

Nesta terça-feira (06), a torcida palmeirense recebeu uma notícia nada animadora. O meio-campista Arouca, que saiu machucado no jogo contra Chapecoense, no último domingo, ficará afastado por pelo menos 30 dias, devido a lesão muscular no joelho, perdendo assim os dois confrontos da semifinais da Copa do Brasil. Uma dor de cabeça que Marcelo Oliveira não esperava passar depois de conseguir achar o meio campo ideal após a contusão de Gabriel.

Depois de encaixar Thiago Santos, Arouca e Robinho, o técnico palmeirense precisar mexer em todo time para remontar o meio campo palestrino. Zé Roberto, Robinho e Cleiton Xavier estão fazendo recondicionamento físico, e provavelmente estarão à disposição de Marcelo Oliveira. Mas que vai substituir Arouca?

Se buscarmos pelos últimos jogos, Marcelo escalará Andrei Girotto. Porém o técnico alviverde pode retornar um meio campo que deu muito certo no início do ano.

Nas primeiras partidas de 2015, o então técnico Oswaldo de Oliveira montou o trio de meio-campo com Gabriel, Robinho e Allione. Depois da contusão do argentino, Arouca ganhou a vaga de volante e Robinho foi adiantado para armar o jogo.

Agora com essa urgência, Marcelo Oliveira pode recuar Robinho e colocar Cleiton Xavier ou Allione, para armar o jogo. Além de ganhar em qualidade no passe, a equipe teria um armador de verdade para jogos decisivos neste final de ano.

Se essa for a opção de Marcelo, o time jogará assim: Fernando Prass; Lucas, Vitor Hugo, Jackson e Zé Roberto; Thiago Santos, Robinho, Cleiton Xavier (Allione); Gabriel Jesus (Rafael Marques), Dudu e Barrios. Essa talvez seja a melhor escalação alviverde para uma fase de instabilidade da equipe.

Foto: César Greco/Ag. Palmeiras