Sérgio Soares não resiste e é demitido do comando do Bahia

Crédito da foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia

Crédito: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

O empate sem gols entre Paysandu e Bahia foi o suficiente para a demissão do treinador Sérgio Soares do comando do time baiano.

Ainda no vestiário do Estádio Mangueirão, em Belém do Pará, Soares foi informado de sua saída do clube três dias depois de o presidente do clube, Marcelo Sant’Ana, dar todo respaldo ao treinador, com direito a elogiO ao trabalho que vinha sendo feito por ele.

LEIA MAIS:
Velloso sobre ser técnico no Brasil: “Só existem dois tipos: o que caiu e o que vai cair”
Petkovic sobre tratamento dos técnicos estrangeiros no Brasil: “Mesma coisa”

Foram 62 partidas sob o seu comando, com 29 vitórias, 20 empates e 13 derrotas. Confira a nota oficial informada no site do clube:

A Diretoria azul, vermelha e branca agradece os serviços prestados pelo treinador, com destaque para a primeira metade da temporada, com o título baiano e a final da Copa do Nordeste.

Porém, optou pelo desligamento do profissional em função da queda de rendimento da equipe nesta reta final da Série B do Campeonato Brasileiro, onde ocupa a sexta colocação.

O auxiliar Charles Fabian dirigirá o treino desta quarta-feira (7) na condição de técnico interino e, após a chegada da delegação, a Diretoria se reunirá para falar sobre o assunto.

Com informações do GloboEsporte.com