SÉRIE B: Em jogo de poucas emoções, Paysandu e Bahia ficam no 0x0 e seguem fora do G-4

Paysandu e Bahia era o duelo de times que viam mal das pernas ultimamente no campeonato brasileiro da série B. O Bahia vinha de quatro jogos sem vencer, sendo derrotado na rodada passada pelo maior rival, o Vitória, em plena Fonte Nova. Já o Paysandu, vinha de três derrotas consecutivas e necessitava da vitória para poder voltar ao G-4 do campeonato brasileiro.

Por isso, a partida tinha ares de decisão para ambos os lados. Papão e Tricolor em busca de voltar a vencer, e entrar na zona dos quatro primeiros colocados, justamente na reta final do campeonato.

Primeiro tempo:

Com menos de um minuto de jogo, Pikachu já começou mostrando pra que veio. Chutou de fora da área, mas sem perigo para o gol tricolor.

Após o início com domínio bicolor, o Bahia chegou aos 6 minutos, e com muito perigo. Maxi Biancucchi entrou da área pela direita, ganhou na velocidade da marcação e rolou para o meio da área. João Paulo Penha sozinho, cara a cara com o goleiro, mandou para fora.

Após o lance do Bahia, o Paysandu deu a resposta. Aos 7 minutos, após cruzamento de Leandro Cearense, Robson cortou mal e a bola sobrou nos pés de Aylon, que encheu o pé e a bola acabou passando muito perto do gol.

Aos 14 minutos, o Paysandu ousou. João Lucas avançou pela esquerda. Após passar o meio campo, ele tentou encobrir Douglas Pires, mas acabou isolando.

Aos 19 minutos, chegada do Bahia. Tiago Real rolou para o meio da área, mas a defesa conseguiu cortar antes da bola chegar aos pés de João Paulo Penha.

Aos 28, Eduardo fez fila na entrada da área do Paysandu, mas demorou muito pra chutar e acabou sendo desarmado.
Aos 33, o Paysandu marcou, mas não valeu. Roni recebeu livre na área do Bahia e chutou forte no canto, sem chances para Douglas Pires. Assistente marcou impedimento e anula o gol do Papão.

Para dois times que buscam retornar ao G-4 e sonham com o acesso, muito pouco foi apresentado. Poucos lances de perigo, muitos erros apresentados pelas duas equipes, que pareciam sentir negativamente a pressão da partida.

Segundo tempo:

O segundo tempo começou agitado. Ruim para o Paysandu, que logo aos dois minutos de jogo perdeu seu principal jogador, Pykachu. Lateral do Paysandu deu soco nas costas do atacante João Paulo Penha durante dividida pela lateral do campo. Foi expulso direto.

Aos 5 minutos, com um homem a mais em campo, o Bahia parou na trave. João Paulo quase na linha de fundo chutou em direção ao gol, a bola explodiu na trave e saiu pela lateral.

Aos 13 minutos, Emerson salvou o Papão. Eduardo recebeu na direita. Ele cortou para o meio e chutou forte de perna esquerda, mas Emerson espalma para fora evitando o gol do Bahia.

No lance seguinte, foi o Paysandu que chegou perto de abrir o placar. Sérgio Manoel avançou pelo meio. Ele viu o espaço chutou da entra da área. A bola ainda tocou na trave e saiu pela linha de fundo.

Após o lance, a partida caiu de rendimento. Só aos 31 minutos, o Bahia voltou a chegar com perigo. Eduardo cruzou da esquerda, a bola desviou em defensor do Paysandu e vai no contrapé do goleiro Emerson e bate na rede pelo lado de fora. Passou perto.

Aos 34, foi a vez do Bahia ter um jogador expulso.

Meio campista Tiago Real fez falta dura em Roni, no meio de campo, matando contra-ataque do Paysandu, e acabou expulso. Após a expulsão, os jogadores do Bahia partiram pra cima do juiz. Souza e Maxi, ambos do tricolor baiano, acabaram recebendo cartões amarelos.

Aos 35, o Paysandu tentou. João Lucas cruzou na área do Bahia. Leandro Cearense não acertou o cabeceio, e a bola sobrou com Luis Felipe na ponta direita. Ao invés de tentar novo cruzamento, ele chutou direto para o gol, uma bomba que assustou o gol baiano.

Aos 40, foi a vez do Bahia buscar o gol. João Paulo Penha driblou Luis Felipe, entrou na área do Paysandu e chutou em cima de Emerson, que fez a defesa em dois tempos.

Aos 45, João Paulo de novo. Eduardo cruzou da direita, João Paulo Penha se esticou todo e conseguiu desviar, mas não o suficiente para balançar as redes. Aos 49, o juiz encerrou a partida no Mangueirão.

Frustante. É assim que podemos definir a atuação de Paysandu e Bahia na noite desta terça feira. Com o resultado, o Bahia chegou ao quinto jogo seguido sem vitória. Já o Paysandu, chegou ao quarto. Vencer hoje seria fundamental para as duas equipes espantarem a má fase.

Produziram pouco, e o empate sem gols permaneceu do começo ao fim. Um jogo teoricamente decisivo, acabou sendo de poucas emoções e ruim para os dois lados. Com o ponto conquistado, o Paysandu permaneceu na quinta posição com 48 pontos. Em seguida, aparece o Bahia com a mesma pontuação, perdendo para o Paysandu nos critérios de desempate. Na próxima rodada, o Paysandu volta a jogar em casa. Recebe o Macaé, no Mangueirão, dia 17 de outubro. No mesmo dia, o Bahia joga novamente fora de casa. O tricolor viajará até Itapólis para enfrentar o Oeste.

Foto: Divulgação



Estudante de jornalismo na Universidade Federal da Paraíba, natural de Vicência-PE