Santos quer manter bom retrospecto contra São Paulo em mata-matas

Divulgação

As semifinais da Copa do Brasil foram definidas nessa semana. Santos, São Paulo, Fluminense e Palmeiras são os 4 times que seguiram a diante na competição. Os confrontos serão entre Santos x São Paulo (San-São) e Palmeiras x Fluminense. O time santista deseja manter a invencibilidade em mata-matas contra o São Paulo que já dura 6 confrontos.

Vamos relembrar os 6 duelos que o time da Vila saiu vitorioso diante do Tricolor no século 21:

Brasileirão de 2002: Após os pontos corridos, o Santos se classificou em 8º e enfrentou o líder São Paulo nas quartas de final. No primeiro jogo, na Vila Belmiro, a equipe santista derrotou o São Paulo por 3 a 1, e no Morumbi conseguiu outro bom resultado vencendo por 2 a 1 (5 a 2 no agregado) se classificando para as semis da competição que a equipe do litoral levantou a taça.

Sul-Americana de 2004: No último confronto internacional do San-São, o Peixe saiu vitorioso vencendo o São Paulo por 1 a 0 na Vila e empatando por 1 a 1 no Morumbi (2 a 1 no agregado).

Paulista de 2010: Após a melhor campanha da fase de classificação, a equipe do Santos enfrentou o São Paulo (classificado em 4º) em dois jogos. O primeiro jogo, no Morumbi, o Santos saiu com a vitória por 3 a 2. Na Vila, o Peixe consolidou a classificação vencendo por 3 a 0 (6 a 2 no agregado).

Paulista de 2011: No mata-mata em jogo único ocorrido no Morumbi, o Time da Vila triunfou sobre o São Paulo pelo placar de 2 a 0.

Paulista de 2012: Também em jogo único, e também no Morumbi, mais uma vez o Santos foi quem comemorou após vencer por 3 a 1 com Hat-trick do “Menino da Vila” Neymar.

Paulista de 2015: Desta vez na Vila Belmiro, mas também em jogo único, a equipe santista consolidou sua classificação a 7º final de paulista seguida ao vencer o Tricolor por 2 a 1.

Desejando manter esse bom retrospecto no San-São a equipe da Vila deve usar força máxima nos dois jogos. Para quebrar esse tabu de 6 jogos o Tricolor também deve usar força máxima fazendo o clássico mais vitorioso do Brasil ficar muito emocionante e imperdível.

Crédito da foto: Divulgação