André Negrão negociou vaga na F1, mas seguirá na GP2 em 2016

2015 GP2 Series Round 3 - Monte Carlo, Monaco. Thursday 21 May 2015. Andre Negrao (BRA, Arden International) Photo: Sam Bloxham/GP2 Series Media Service. ref: Digital Image _G7C6036

O Brasil esteve próximo de ter um terceiro piloto no grid da Fórmula 1 na temporada 2016. Isso porque André Negrão, competidor que atualmente disputa a GP2, chegou a negociar com a equipe Manor para ser titular no próximo ano, mas optou por fazer mais um ano na categoria de acesso. A informação é do jornalista Américo Teixeira, do site Diário Motorsport.

LEIA MAIS:
MotoGP: Lorenzo fatura a pole em Valência

Aos 23 anos, Negrão – integrante de uma das famílias mais tradicionais do esporte a motor brasileiro – disse que, de fato, conversou com a equipe e que recebeu um orçamento para disputar a temporada 2016 integralmente. Apesar de não falar em valores, a publicação de Teixeira alega que o valor pedido pela equipe britânica está avaliado em dez milhões de dólares.

Nos últimos dois anos, Negrão disputou o campeonato da GP2, após passar algumas temporadas na Fórmula Renault 3.5. Na atual temporada, o brasileiro da equipe Arden obteve apenas três pontos em nove rodadas duplas, todos conquistados no Bahrein, logo na primeira etapa do ano. Esta pontuação o coloca na 21ª posição do campeonato, que foi vencido por Stoffel Vandoorne.

Para 2016, Negrão negocia com três equipes para a disputa da GP2: a Art Grand Prix, a Racing Engineering e a Rapax Team.

Foto: GP2 Series



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.