Argel explica lance polêmico da vitória do Internacional

Palmeiras
Crédito da foto: DIvulgação/Ricardo Duarte/SC Internacional

Gol da vitória do Internacional marcado aos 43 minutos do segundo tempo gera polêmica e causa tumulto no fim da partida. Jogadores e dirigentes da Ponte Preta alegam faltam de fair play, enquanto Argel Fucks entende que ocorreu antijogo por parte do time campineiro.

LEIA MAIS
Inter x Ponte Preta termina em confusão no Beira-Rio
Renata Fan comemora vitória do Inter na web e é cornetada: “cadê o fair play?”
VÍDEO: Zagueiro da Ponte Preta tenta agredir Argel Fucks no vestiário

O clima azedou no fim da partida entre Internacional e Ponte Preta, no Beira-Rio. Após o gol da vitória colorada sair no final do segundo tempo, depois de um suporto lance que teria de ser aplicado o controverso fair play, dirigentes e jogadores ponte-pretanos criticaram muito o técnico Argel Fucks por entenderem que o treinador do time da casa orientou os seus jogadores a não devolverem a bola. O lance seguiu e o gol aconteceu.

Em coletiva de imprensa após a partida, Argel se defendeu das acusações explicando o seu ponto de vista no lance em que o atacante Alexandro, da Ponte, jogou a bola pra fora por conta de câimbras de Biro-Biro. O Internacional não devolveu a bola e fez o gol na sequência.

“Quem deu autorização foi o árbitro. Ele (Biro Biro) deu um pique para o meio do campo para entrar na partida, e ninguém reclamou. A partir do momento que o William jogou o lateral, nenhum jogador reclamou. Depois de 15 toques na bola, a gente continuou fazendo a jogada. Em momento nenhum foi fair play. Até me pareceu antijogo. A Ponte Preta não tomou o gol pelo lateral”, opinou o técnico.

Com a vitória, o Internacional chega aos 53 pontos, mesma pontuação de Santos e São Paulo, respectivamente 4º e 5º colocados que ainda jogam neste domingo. A Ponte, por sua vez, estaciona na 7ª colocação com 50 pontos e engrossa a torcida contra a dupla paulista no complemento desta 34ª rodada.

Foto: Ricardo Duarte / Internacional