Arrepiado, Gabriel diz: “Vamos para dentro dos caras que vamos ser campeões”. Veja!

Foto: Cesar Greco / Fotoarena

Logo depois que Marcelo Oliveira assumiu o comando do Palmeiras, a equipe emendou uma sequência de oito jogos sem derrotas. Mas a partir do revés para o Atlético-PR no primeiro turno, o desempenho do time paulista passou a oscilar mais do que o normal. Para muitos, essa queda de produção é creditada à ausência de Gabriel. O volante lesionou o joelho justamente na derrota diante do Furacão e só voltará ao time em 2016. Mas mesmo fora da final da Copa do Brasil, o jogador se disse arrepiado com a decisão e crê no título do Verdão sobre o Santos.

Leia Mais:
Arouca pede dedicação total do Palmeiras e diz: “Este grupo merece ser campeão”
Corinthians assume a liderança na média de público da Série A
Em ano conturbado, São Paulo passa vexame diante de rivais

“Não sou muito bom de falar, gosto de estar em campo e ajudar da melhor maneira que eu sei, com a minha atitude em campo. Vou dizer para eles não desistirem de nenhuma bola, para jogarem como se fosse a última bola do jogo, porque é uma final. Arrepia só de estar de fora, imagina quem está dentro? É uma responsabilidade grande, mas uma responsabilidade que o jogador do Palmeiras tem que passar por isso. Não pode ser uma barreira e sim um objetivo que queremos conquistar. Confio no grupo, na nossa força em casa. Estou feliz. Vamos para dentro dos caras que vamos ser campeões”, afirmou o jogador, em entrevista à TV Palmeiras.

A primeira partida da decisão da Copa do Brasil é esta quarta-feira (25), na Vila Belmiro. Mas Gabriel confia em um bom resultado fora de casa e conta com a força da torcida para conquistar a taça do torneio nacional.

“Todo mundo que está vivendo isto aqui está muito legal, arrepia de viver este momento. Eu que estou fora, eu fico feliz do grupo estar lá, imagina quem está vivendo ali. Para a torcida, a força que eles dão para a gente não desistir de nenhuma bola, é muito importante. É uma final, requer da parte psicológica, e a torcida vai lotar nossa casa, e como eu disse, vamos ser campeões, nós, jogadores, comissão, diretoria e a torcida, que está sempre com a gente”, finalizou.

 



Jornalista que gosta de boas histórias e grandes personagens, não importa se dentro ou fora de campo