Belfort e Henderson fazem confronto de veteranos e com promessa de nocaute

Reprodução/YouTube

Vitor Belfort e Dan Henderson serão os principais personagens do UFC Fight Night 77, que acontece neste sábado (7), em São Paulo. Veteranos, eles se enfrentam pelo peso médio (84kg) em luta que coloca dois lutadores que têm plenas capacidades de nocaute.

LEIA MAIS:
UFC: Belfort “canta vitória” antes de luta contra Henderson

 

Na verdade, tanto Henderson quanto Belfort não se encontram nas melhores condições físicas. Até por causa da idade. Se Belfort já pode ser considerado um veterano aos 38 anos, Henderson, então, é um vovô. Aos impressionantes 45 anos, “Hendo” continua lutando.

Além disso, ambos sabem usar bem as mãos. Belfort é considerado um bom boxeador, explosivo, e de uns tempos para cá, acrescentou chutes ao arsenal. Henderson que o diga, pois foi nocautedo pelo carioca em 2013. Além disso, Belfort tem um jiu-jitsu afiado.

Acontece que Henderson tem uma marreta no braço direito. A conhecida “Bomba H” já levou muita gente para a vala. Apesar de manjada, funciona que é uma beleza.

O panorama da luta é o seguinte: é provável que o primeiro round seja o melhor em termos de ação. Afinal, ambos caem de rendimento com o passar do tempo. E a balança deve pesar a favor de Belfort. Mais novo (ou menos velho) e mais completo, tem chances de levar a vitória por decisão ou finalização se conseguir aproveitar as brechas.

Para “Hendo”, a melhor oportunidade é no primeiro round, se a “Bomba H” entrar limpa. Com o passar do tempo, o veterano deve sentir o peso da idade e sucumbir aos golpes de Belfort.

Crédito da foto: Reprodução/YouTube



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.