Boca Juniors conquista segundo título em quatro dias

Foto: Departamento de Prensa de Boca Juniors

Campeão argentino no último domingo após vitória sobre o Tigre, o Boca Juniors venceu Rosario Central por 2 a 0, em jogo marcado por arbitragem polêmica, e conquistou a Copa da Argentina nesta quarta (4).

LEIA MAIS:
VÍDEO: Árbitro comete erro absurdo, marca pênalti inexistente e dá título ao Boca
Semifinal da Sul-Americana termina em confusão dentro de campo

Os gols saíram no segundo tempo. Aos 7 minutos, o árbitro viu Ferrari derrubar Peruzzi dentro da área. Ex-jogador de Botafogo e Corinthians, o uruguaio Nicolas Lodeiro bateu o pênalti sem chance de defesa para o goleiro do Rosario Central.

Nos últimos instantes do jogo, aos 44, outro lance polêmico fechou o placar. Andrés Chávez apareceu adiantado e balançou a rede para dar o título ao time de Rodolfo Arruabarrena.

Logo após o apito final, os jogadores e o técnico do Rosario Central partiram para cima da arbitragem, indignados com o trabalho comandado por Diego Ceballos.

(Foto: Departamento de Prensa de Boca Juniors)