De olho na final, Gallardo fala em rodízio no River Plate

Foto: Site oficial River Plate

A derrota por 1 a 0 em pleno Monumental de Núñez para o modesto Huracán no jogo de ida da semifinal não abalou o técnico Marcelo Gallardo. Ele garantiu que mantém a esperança em levar o River Plate ao bicampeonato da Sul-Americana.

LEIA MAIS:
Huracán surpreende River Plate e fica mais perto da final
Filha de Maradona diz “Meu velho meteu um gol de mão e todo o país festejou”; entenda

Para chegar à decisão é preciso reverter a vantagem conquistada pelo Huracán nesta quinta (5). Se depender da confiança de Gallardo, o River Plate segue na briga.

“Não jogamos bem. Tínhamos que sair para o jogo, mas estávamos perdidos, melhoramos mas mesmo assim não criamos chances claras de gol”, admitiu o técnico do River Plate.

Segundo Gallardo, o desgaste físico no final da temporada está prejudicando o desempenho da equipe. “Esta é a terceira semifinal seguida, precisamos descansar e recuperar as energias”, completou, referindo-se ao grupo que conquistou a Sul-Americana em 2014 e a Libertadores deste ano.

O jogo que define o finalista argentino desta edição da Sul-Americana acontece apenas no dia 26, mas tudo indica que Marcelo Gallardo deve poupar jogadores na última rodada do Campeonato Argentino neste final de semana.

Sétimo colocado, o River Plate recebe o Newell’s Old Boys no domingo (8). Campeão antecipado na Argentina, o Boca Juniors também garantiu vaga na Libertadores de 2016 e fará o jogo da “entrega das faixas” contra o Rosario Central fora de casa.

(Foto: Site oficial River Plate)