Jurado do Prêmio elogia o site: “Espaço e visibilidade valem ouro. O Torcedores oferece ambos”

Reprodução/Facebook

O jornalista Vitor Guedes será um dos jurados do Prêmio Torcedores. Ele é formado e pós-graduado pela Universidade Metodista de São Paulo, possui uma coluna no jornal Agora São Paulo, um blog no Terceiro Tempo, é comentarista no Sportv, professor universitário na FAPSP e autor do livro “Paixão Corinthiana”.

LEIA MAIS:
“Acho que os participantes vão me surpreender, e muito”, diz jurado do Prêmio Torcedores

Em entrevista ao site, ele contou que na sua época de faculdade não havia um espaço tão bom para produzir matérias. “A faculdade dispunha de máquina de escrever e havia o Rudge Ramos, semanário, para os alunos produzirem no último ano. Nada que se compara o que a tecnologia e o Torcedores proporcionam hoje”, afirmou.

Ele contou sobre como se comportará julgando os candidatos e sua expectativa do Prêmio. “Como jornalismo esportivo, estamos acostumados a avaliar e julgar o tempo todo. Minha expectativa pessoal é ser justo. Em relação aos trabalhos, estou bem otimista”.

Confira a entrevista completa com Vitor Guedes:

Torcedores.com: Você é colunista, blogueiro e tem esse espaço para expressar suas opiniões e escrever textos de seu interesse. Com qual importância você vê o espaço que o Torcedores dá aos colaboradores?

Vitor Guedes: Há o ditado que diz que tempo é dinheiro. Nos tempos atuais, dá para adaptar a máxima e cravar que espaço e visibilidade valem ouro. Se bem aproveitado, o Torcedores oferece ambos.

T: Você sempre quis trabalhar com jornalismo esportivo? Antes de terminar a faculdade, tinha algum espaço como esse para escrever?

V: Entrei na Metodista, em 1995, tendo duas áreas de preferência: pela ordem, esportes e política. Naquela época, a faculdade dispunha de máquina de escrever e havia o Rudge Ramos, semanário, para os alunos produzirem no último ano. Nada que se compara o que a tecnologia e o Torcedores proporcionam hoje.

T: Através da sua experiência, você acredita que o jornalismo colaborativo – formato do Torcedores – é o futuro da profissão?

V: O jornalismo faz parte do mundo. E o mundo é cada vez mais on-line e colaborativo, menos burocrático e formal. Não se trata de juízo de valor ou preferência, mas uma constatação.

T: Você acha que o Prêmio Torcedores pode incentivar as pessoas escreverem cada vez mais e melhor?

V: Prêmio sempre é um incentivo, mas para quem já tem o interesse anterior. Tem de ser um bônus, a motivação extra, não o fim.

T: Você deve acompanhar alguns posts do site e será um dos jurados. Qual sua expectativa para escolher o post mais criativo? Como vê o nível dos participantes?

V: Como jornalismo esportivo, estamos acostumados a avaliar e julgar o tempo todo. Minha expectativa pessoal é ser justo. Em relação aos trabalhos, estou bem otimista.

Crédito da foto: Reprodução/Facebook



Paulistano, estudante de jornalismo, 20. Desde 2015 no Torcedores.com.