Linense abre o placar, mas toma virada e termina o jogo com 10

Na manhã deste domingo, Linense e Penapolense se enfrentaram no Tenente Carriço e mesmo abrindo o placar, o time de Lins sofreu a derrota.

Leia Mais:

Presidente da Penapolense fala sobre campanha ”Futebol Sustentável”

O Linense começou melhor, abrindo o placar com Thiago Humberto, mas contando com os gols de Paraíba e Fio, a Penapolense virou e tem a vantagem de jogar pelo empate no jogo de volta, que acontece no Gilbertão, ás 19h, do sábado.

O Jogo

A primeira etapa foi bem limitada, o Linense teve muito espaço no ataque, tendo em vista que a Penapolense deveria ir atrás do gol, o primeiro lance de perigo foi do time de Penapólis: Em lançamento na área, Tássio deu de cabeça e carimbou a trave do goleiro Galetti. Foi o único lance que a Penapolense chegou e o gol do Linense viria logo mais.

Aos 25 minutos, o time de Lins chegou ao ataque e marcou seu primeiro gol com Thiago Humberto, Rafael Aidar caiu pelo meio, deixou na esquerda com Gabrielzinho, ele puxou ao meio e jogou na direita, Thiago chegou batendo e abriu o placar, para a euforia dos 900 torcedores do Linense que estavam no Tenente Carriço.

O segundo tempo retornou e a Penapolense vinha sedenta pelo gol de empate, aos 12’ minutos, numa jogada boa do CAP, Fio recebeu dentro da área e deslocou o goleiro Galetti para empatar o jogo no Tenente Carriço. Dois minutos após o lance, Fio foi lançado dentro da área, derrubado, o arbitro pegou o pênalti. Mas o assistente viu falta do atacante em cima de Tavares, anulando o pênalti.

Dominando o jogo, a Penapolense ia com tudo e quase chegou com Dimba, o ex-atacante do Santos tentou o chute, mas foi travado na hora H por Rodrigo Lobão. O melhor em campo era Fio, aos 30 minutos, em chute da entrada da área, o atacante assustou o goleiro Galetti. Aos 32’, Paraiba teve chance em cobrança de falta, batendo no ângulo, mas o arqueiro de Lins salvou.

Aos 37’ minutos, o jogo ficou paralisado por cerca de 6 minutos por conta de espera por uma nova ambulância, o meia Felipe, jogador do Linense, passou mal e foi encaminhado ao hospital, pode ficar de fora no jogo em Lins.

Quando o jogo parecia seguir normal, o jovem Juninho Ortega cometeu falta dura em Somália e tomou o segundo cartão amarelo, o meia Vinicius, da Penapolense, foi procurar briga com o camisa 5 do Linense e tomou amarelo e a expulsão de Ortega ajudou a Penapolense, que aos 45’ chegou a virada, Paraíba foi lançado na frente do goleiro Galetti e tocou por baixo do goleiro de Lins, virando o placar ao CAP.

Público: 8912 pessoas no Tenente Carriço.Renda: 42 mil

Foto: Reprodução/André Deco – Linense Oficial



Nascido em Sorocaba, acompanha futebol desde os 8 anos e é apaixonado pelo europeu. Tem simpatia pelo Argentino e também gosta muito do Brasileiro. Basquete é outra opção boa.