Mercado da Bola: Pacotão colorado pode ter afastado do Fla, zagueiro de confiança e mais dois

Divulgação/Figueira.

Em silêncio, sem fazer barulho para não despertar a atenção da concorrência, o Inter vai se armando para se reforçar e qualificar o grupo em 2016. Por mais que a diretoria negue, até por ser um procedimento padrão nas negociações do clube, alguns nomes começam a ganhar força no Beira-Rio e podem pintar em Porto Alegre na próxima temporada. 

Astro do River

O grande sonho segue sendo o meia uruguaio do River Plate, Carlos Sánchez. Aos 30 anos, o jogador foi peça central de todas as recentes conquistas do clube argentino, tais como a Libertadores de 2015 e a Sul-Americana de 2014. Com contrato a se expirar no final do ano, Sánchez não deverá permanecer no Monumental em 2016.

Para tentar viabilizar o negócio, o Inter aposta no velho parceiro Delcyr Sonda para ter o meia. No entanto, a pedida de R$ 15 milhões assusta.

Volante da Ponte

Valorizado pelo grande campeonato que faz pela Ponte Preta, o volante Fernando Bob vem recebendo um forte assédio de vários clubes do Brasil, como o Palmeiras, por exemplo. Revelado pelo Fluminense, o jogador de 27 anos também agrada à cúpula do Beira-Rio, que, segundo o Globoesporte.com, teria oferecido R$ 2 milhões pelos seus direitos.

O Inter perderá Wellington Martins, que retornará para o São Paulo, e por isso vasculha o mercado em busca de um novo volante. Bob, no entanto, tem 60% do passe ligado a investidores, 20% da Traffic, 10% do Fluminense e 10% do próprio jogador.

Zagueiro de confiança do chefe

A lista também conta com o zagueiro Thiago Heleno, que não deverá permanecer no Figueirense em 2016. Heleno foi comandado por Argel Fucks durante as duas últimas temporadas e viria com o aval do chefe. O Inter não renovará o contrato do zagueiro Juan e por isso está em busca de um novo defensor.

Thiago Heleno tem 27 anos e seu passe pertence ao Deportivo Maldonado, do Uruguai, até 2017. O clube gaúcho estudaria uma forma de contar com o atleta por empréstimo.

Afastado do Fla

Surgido como grande destaque do Atlético-PR em 2013, Marcelo Cirino não conseguiu dar sequência às boas atuações no Flamengo e sucumbiu com lesões e más partidas. Recentemente, sua conduta fora de campo também deixou a desejar e acabou afastado do Fla junto com o chamado “Bonde da Stella”.

O clube carioca tem um acerto com a Doyen Sports, onde pagará cerca de 5 milhões de euros por 50% dos direitos do atacante depois de três anos de contrato. No entanto, o baixo rendimento do jogador e as polêmicas extracampo podem abreviar a passagem pela Gávea e colocá-lo mais perto de outro clube.

Divulgação/Figueira.



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.